GERIATRIA

GERIATRIA

O que é geriatria?

Geriatria é a especialidade médica que estuda as doenças e limitações típicas de pessoas idosas, de modo a prevenir e tratar essas condições. O médico geriatra atua como um clínico geral, porém focado em promover a saúde e a qualidade de vida dos pacientes de idade avançada.

É comum a confusão entre geriatria e gerontologia, mas esses dois termos representam conceitos diferentes. Enquanto a geriatria se preocupa com as doenças mais frequentes entre os idosos, a gerontologia estuda o envelhecimento em si, incluindo seus componentes biológicos, psicológicos e sociais.

Assim, na gerontologia, o médico geriatra trabalha junto com outros profissionais, como psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional. 

O que faz um geriatra?

O geriatra se dedica ao cuidado da saúde do idoso de forma global. Para isso, além de ter um amplo conhecimento do processo de envelhecimento, esse médico estuda diversas outras especialidades, como cardiologia, neurologia, pneumologia, psiquiatria etc.

Assim como as crianças apresentam doenças típicas e com manifestações próprias, devendo ser atendidas por pediatras, os idosos também são mais suscetíveis a determinadas enfermidades, cujos sintomas são diferentes daqueles relatados por pessoas mais jovens.

Por isso, as pessoas idosas devem ser atendidas pelo geriatra, que conhece as particularidades de como as doenças se manifestam nessa faixa etária. Alguns dos principais exemplos são:

  • Colesterol alto;
  • Delirium (confusão mental aguda);
  • Demências (como doença de Alzheimer);
  • Depressão;
  • Desnutrição;
  • Diabetes;
  • Hipertensão arterial;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Osteoporose;
  • Reumatismo.

Além disso, esse médico está apto a reconhecer as chamadas síndromes geriátricas, isto é, condições de saúde que afetam a pessoa idosa e não são classificadas como doenças, embora possam ser causadas por uma ou mais enfermidades coexistentes. As síndromes geriátricas incluem:

  • Tonturas frequentes;
  • Perda do equilíbrio;
  • Tendência a quedas;
  • Dificuldades para caminhar;
  • Incontinência urinária e fecal;
  • Lapsos de memória;
  • Perda da capacidade de planejamento;
  • Iatrogenia (complicações causadas pelo uso inadequado ou excessivo de medicamentos).

As síndromes geriátricas reduzem a autonomia do idoso para realizar as tarefas do dia a dia, deixando-o mais dependente da família. Embora frequentemente sejam vistas como fatores inerentes à idade, o geriatra pode atuar para preveni-las ou controlá-las e aumentar a qualidade de vida ao paciente.

Quando procurar um geriatra?

No Brasil, consideram-se idosas as pessoas a partir dos 60 anos, mas esse é um conceito que varia para cada indivíduo. Por isso, mais do que observar apenas a idade, há outras condições que indicam quando procurar um geriatra, por exemplo:

Idosos que desejam ter um acompanhamento global da saúde com um médico que pode cuidar da maioria das condições dessa faixa etária;

Idosos com algum comprometimento ou sequelas, que podem ganhar qualidade de vida com a assistência do geriatra;

Pessoas a partir dos 40 ou 50 anos que desejam prevenir doenças que podem prejudicar seu bem-estar no futuro e que buscam um envelhecimento saudável.

Quanto custa uma consulta com geriatra?

Não existe um valor tabelado, por isso o preço de uma consulta com geriatra pode variar bastante e ser até inacessível.

Felizmente, com o MEDPREV você encontra várias opções de clínica geriátrica em Curitiba e pode marcar sua consulta por valores populares e com a mesma qualidade de atendimento.

Marcar Exame ou Consulta
O MedPrev oferece mais de 200 especialidades, exames, cirurgias e procedimentos por valores acessíveis
+ de 60 unidades
do MEDPREV espalhadas por todo o Brasil
Localizar Unidade
AGORA AINDA
MAIS FÁCIL

Com o aplicativo MEDPREV
em poucos cliques você  
agenda sua consulta

Quero cadastrar

Receba nossas novidades e soluções
para a sua saúde, cadastre-se já!