Início Blog Medprev 10 sintomas que podem indicar problemas renais

Saúde

10 sintomas que podem indicar problemas renais

sintomas-que-podem-indicar-problemas-renais.jpeg

Embora problemas renais sejam mais comuns do que se imagina, nem sempre o diagnóstico em estágio inicial é simples. Isso porque grande parte das doenças renais crônicas têm evolução assintomática. Quando algum sintoma se manifesta, portanto, é sinal de que a situação já está mais avançada.

Por essa razão, a melhor maneira de se prevenir contra problemas renais é realizar exames regulares. Por meio do exame de urina, do exame de sangue, do ultrassom e da tomografia computadorizada é possível avaliar o órgão em si e as suas funções. Diabéticos, idosos, pacientes com pressão alta ou com histórico familiar de insuficiência renal devem redobrar a atenção.

10 sintomas que podem indicar problemas renais

Como já mencionamos, nem todas as doenças renais crônicas apresentam sintomas em estágio inicial. Porém, algumas características podem servir de alerta para que o paciente busque inicialmente uma consulta com um Clínico Geral, que dependendo da gravidade do caso poderá encaminhá-lo para um Nefrologista, médico especialista em doenças do sistema urinário e dos rins.

Entre essas características, destacamos as seguintes:

  1. Vontade de urinar com frequência acima do normal.
  2. Urinar em pequenas quantidades de cada vez.
  3. Dor constante no fundo das costas ou nas laterais.
  4. Inchaço nas pernas, nos pés e nos braços.
  5. Cansaço excessivo sem razão conhecida.
  6. Alterações na cor e no cheiro da urina.
  7. Presença de espuma na urina.
  8. Insônia ou dificuldade para dormir.
  9. Baixo apetite e sabor metálico na boca.
  10. Sensação de pressão na barriga durante o ato de urinar.

É importante destacar que isoladamente esses sintomas não são um indicativo de que há algum problema renal. Insônia ou dificuldade para dormir, por exemplo, é um sintoma que pode ser causado por inúmeros outros problemas. No entanto, quando o paciente percebe dois ou mais desses sintomas de maneira simultânea, esse pode ser um sinal de alerta de que é hora de realizar exames.

Os problemas mais comuns que acometem os rins

A lista de problemas renais conhecidos é extensa. Mesmo nas pessoas assintomáticas elas podem ser perigosas e resultar em limitações do funcionamento do órgão com o passar do tempo. É por essa razão que a realização de exames regulares em checkups anuais, especialmente de sangue e de urina, são as formas mais recomendadas para evitar problemas.

  • Pedra nos rins: sem sombra de dúvidas, o problema renal mais conhecido é a formação de pedras nos rins. Quando elas se acumulam em grandes quantidades ou em tamanho grande podem dificultar a passagem da urina dos rins até a bexiga. Após a identificação mediante exames pode ser recomendada uma cirurgia para remoção das pedras.
  • Cistos e doença policística: o surgimento de cistos no rim é comum em pacientes de mais idade. Na maioria dos casos, quando têm tamanho reduzido, os cistos não resultam em problemas mais graves. Todavia, dependendo do tamanho dos cistos ou da quantidade, eles podem causar dor e problemas no funcionamento do órgão.
  • Insuficiência renal: lesões progressivas nos rins podem impedir que o órgão funcione de maneira adequada. Como eles são considerados órgãos vitais, problemas mais graves que comprometam o seu funcionamento podem ser fatais.
  • Infecções renais: ocorrem quando bactérias chegam aos rins por meio das vias urinárias ou através do sangue. Essas infecções são perceptíveis a partir de sintomas como febre, vômito e dores nas costas e ocorrem com maior frequência nas mulheres.

Prevenção: alimentação adequada é o primeiro passo

A simples alteração na dieta do paciente pode ser suficiente para evitar que problemas renais se tornem casos mais graves. Por exemplo: beber água em maior quantidade, reduzir o consumo de sal e aumentar a ingestão de alimentos ricos em cálcio são formas reduzir as chances de desenvolvimento de pedras nos rins.

Casos mais graves, no entanto, sempre vão requerer orientação médica para o tratamento. Dependendo do diagnóstico, pode ser necessário tomar algum tipo de medicamento, realizar diálise ou até mesmo cirurgias. Porém, salientamos: os rins são órgão vitais para o funcionamento do organismo e merecem atenção especial da sua parte.

Ao menor dos sintomas, utilize o Medprev para agendar uma consulta ou realizar exames laboratoriais que possam dar algum indicativo se há ou não problemas que precisam ser tratados.

24/02/2022   •   há 4 meses

Agende sua consulta ou exame por valores reduzidos

Agendar online Buscar unidade física

Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a

Relacionados

Ansiedade: o que é, causas, sintomas e tratamento.

O que faz um dermatologista?

Cesárea x parto normal: qual escolher?

Pré-natal: tudo que você precisa saber

15 sintomas que podem indicar uma gravidez

Ver mais

Outras matérias

Ver mais

Especialidades