BLOG MEDPREV

Hidrate-se: a importância de beber água para a saúde

Tomar água é fundamental para manter a disposição, render mais nos treinos e até mesmo perder peso. Saiba mais sobre a importância da hidratação.

Com a elevação das temperaturas que acontece no verão brasileiro, aumenta também nossa taxa de transpiração para que o organismo mantenha sua temperatura interna. Por isso, a hidratação torna-se ainda mais importante nesta época do ano.

Algumas situações, como a exposição ao sol e a prática de atividades físicas em dias de calor, intensificam a perda de água pelo organismo. E se esse líquido não for reposto, pode surgir um quadro de desidratação. 

As consequências disso variam conforme a porcentagem de água perdida, indo desde a sensação de sede e o escurecimento da urina até dor de cabeça, tontura, febre, superaquecimento dos órgãos internos, choque hipovolêmico e morte.

Saiba mais sobre a importância da hidratação para a saúde:

Regula a temperatura corporal

Para você ter uma ideia, nosso corpo perde cerca de 50 ml de água por hora quando estamos em repouso. Contudo, uma hora de atividade física como natação ou corrida pode elevar essa perda para aproximadamente 1.250 ml nesse mesmo intervalo, pois é por meio da transpiração que o organismo mantém sua temperatura interna estável.

Em dias muito quentes, a temperatura ambiente aumenta ainda mais a transpiração, podendo resultar em uma perda de até 6 litros de água em caso de grande esforço físico.

Entretanto, esse mecanismo de “resfriamento” é interrompido quando ocorre uma perda de 4% a 5% do volume de água corporal, o que resulta em superaquecimento interno, apatia e dificuldade de raciocínio.

Desintoxica o corpo depois dos excessos

Depois das festas de fim de ano, é comum observar uma subida do ponteiro da balança. Uma parte desse ganho de peso se dá por conta dos exageros alimentares, mas esse efeito também acontece devido ao inchaço resultante do acúmulo de toxinas, do consumo excessivo de sal e até mesmo de longas viagens de avião, ônibus ou carro.

E por mais contraditório que pareça, a melhor forma de combater o inchaço é bebendo água, pois é por meio da hidratação que estimulamos o bom funcionamento do fígado, dos rins e do intestino.

Dessa forma, os líquidos em excesso e os resíduos inúteis ou prejudiciais são eliminados mais facilmente, promovendo a desintoxicação do organismo.

Favorece o emagrecimento

Tomar água é essencial para combater o inchaço, o que pode resultar na diminuição do peso corporal pela eliminação dos líquidos em excesso. Esse é um fator muito importante para a saúde, mas ele não corresponde exatamente a um emagrecimento, já que não houve perda de gordura.

No entanto, a hidratação constante pode sim contribuir para o emagrecimento verdadeiro por vários motivos. O primeiro deles é o fato de que o consumo de água (especialmente quando ela está gelada) estimula o metabolismo e o gasto de energia: estima-se que tomar de 8 a 10 copos por dia queima cerca de 200 calorias a mais.

Além disso, tomar bastante água ao longo do dia faz com que o estômago fique mais cheio, promovendo a sensação de saciedade. Esse efeito é ainda mais relevante quando a hidratação está associada ao consumo de alimentos ricos em fibras, pois elas absorvem líquido e formam um gel no estômago.

Assim, mantendo o corpo bem hidratado, ganhamos um auxiliar no controle do apetite e favorecemos processos de emagrecimento pela perda de gordura.

Facilita a absorção e a utilização dos nutrientes

Alguns nutrientes necessitam da presença de água para ser absorvidos. Esse é o caso da vitamina C e das vitaminas do complexo B, que são hidrossolúveis (ou seja, são solúveis em água, em oposição às vitaminas lipossolúveis, que são solúveis em óleos e gorduras).

Além disso, é preciso ter uma boa hidratação para que substâncias como vitaminas, minerais, glicose, antioxidantes, entre outras, sejam transportadas pela corrente sanguínea e levadas até as células, onde serão efetivamente utilizadas.

Quando não tomamos água o suficiente, o sangue fica mais espesso e circula menos, prejudicando a nutrição celular. Com o tempo, esse desequilíbrio pode atrapalhar o funcionamento do organismo de forma permanente, gerando problemas de saúde.

Dá mais disposição para o dia a dia e os treinos

A redução no transporte de nutrientes e oxigênio até as células causada pela desidratação pode ter efeitos imediatos sobre nosso nível de energia. Quando o sangue fica mais denso devido à falta de água, há um prejuízo nas trocas celulares, ou seja, nos mecanismos que permitem que as células eliminem os resíduos e absorvam as substâncias necessárias.

Como resultado, surgem sinais como cansaço, perda da concentração e dificuldade de raciocínio, que atrapalham a realização das tarefas do cotidiano. Além disso, o prejuízo nas trocas celulares é diretamente responsável pela redução de desempenho nas atividades físicas, levando à fadiga precoce.

Ao manter o organismo bem hidratado, porém, tanto o cérebro quanto os músculos podem realizar suas funções de forma satisfatória, dando mais disposição para os estudos e o trabalho e garantindo mais vigor e resistência durante os treinos.

Agora que você sabe mais sobre a importância da hidratação para a saúde, procure manter sua garrafinha sempre ao seu lado e consuma cerca de 2,5 litros de água por dia para aproveitar todos esses benefícios.

Fonte(s): Saúde Abril, Minha VidaTerraDr. Drauzio Varella

posts relacionados
Quando a febre se torna perigosa para o organismo?
Leia mais...