Início Blog Medprev Preparo para o exame de endoscopia

Prevenção

Preparo para o exame de endoscopia

preparo-para-endoscopia.jpeg

A endoscopia é um exame indolor, mas a ideia de ter um tubo inserido pela boca é um pouco desconfortável. Por isso, o preparo para endoscopia serve tanto para permitir uma melhor visualização do trato digestivo quanto para reduzir os incômodos.

Embora existam outros tipos de endoscopia (como a endoscopia nasal e a ginecológica), hoje esse termo é praticamente sinônimo de “endoscopia digestiva alta”.

Dessa forma, o exame sobre o qual trataremos neste artigo se refere àquele que permite a avaliação do esôfago, do estômago e da porção inicial do intestino delgado. Isso é feito por meio das imagens capturadas pela câmera acoplada à extremidade do tubo, as quais são exibidas em tempo real em um monitor.

Orientações no preparo para endoscopia

As recomendações para antes do exame dependem da clínica onde você for fazer sua endoscopia, por isso você sempre deve se informar na hora do agendamento. Contudo, de modo geral, as orientações costumam incluir os seguintes cuidados:

1. Fazer uma dieta leve no dia anterior

O preparo para endoscopia se inicia na véspera do exame, quando o paciente deve fazer uma dieta leve. Devem ser evitados alimentos de difícil digestão, como carne vermelha, frituras e pratos com molhos gordurosos (como aqueles à base de queijo).

2. Fazer jejum de alimentos sólidos

Para garantir que o estômago esteja vazio e que o médico possa visualizar perfeitamente as paredes do trato digestivo, é necessário suspender o consumo de alimentos por 8 a 12 horas antes do exame.

O período exato pode variar dependendo da clínica de endoscopia.

3. Fazer jejum de líquidos

Uma dúvida comum sobre o jejum para endoscopia é se o paciente pode beber água. Novamente, as orientações variam de clínica para clínica, mas a recomendação geral é suspender a ingestão de líquidos de 3 a 4 horas antes do exame. Leite e bebidas alcoólicas não podem ser consumidos durante o preparo.

É importante ter em mente que o jejum de alimentos sólidos e líquidos é essencial para o sucesso do exame e o conforto e a segurança do paciente. Além de prejudicarem a visualização do interior do estômago, eventuais resíduos podem provocar vômitos e ser aspirados para o pulmão, causando complicações mais sérias.

4. Suspender alguns tipos de medicamentos

Caso seja necessário tomar algum medicamento, isso deve ser feito com pequenos goles de água. Contudo, a ingestão de grande parte dos medicamentos de uso contínuo pode ser postergada para depois da endoscopia, evitando o acúmulo de resíduos no estômago.

O paciente sempre deve se informar com a clínica onde fará o exame para saber exatamente quais medicamentos devem ser suspensos, além de conversar com seu médico para decidir a melhor conduta. Em geral, não podem ser consumidos:

  • Antiácidos, como sal de fruta, bicarbonato de sódio, hidróxido de alumínio, hidróxido de magnésio e ranitidina, entre outros;
  • Anticoagulantes, como aspirina (ácido acetilsalicílico) e medicamentos similares para “afinar o sangue”, pois eles podem causar sangramentos se houver coleta de amostra para biópsia ou retirada de pólipos;
  • Medicamentos para diabetes, como a insulina, pois eles podem causar crises hipoglicêmicas. Para pacientes diabéticos, a orientação costuma ser agendar a endoscopia para as primeiras horas da manhã e utilizar a insulina depois do exame.

Lembre-se de que qualquer alteração em um tratamento com medicamentos pode oferecer riscos à sua saúde, portanto sempre converse com seu médico antes de suspender ou postergar uma dose. E não faça a automedicação, especialmente antes de qualquer exame.

5. Estar com as unhas livre de esmaltes

A endoscopia digestiva alta é realizada com sedação intravenosa para que o paciente durma e não sinta desconfortos durante o exame.

Esse procedimento requer que os níveis de oxigenação sanguínea sejam monitorados constantemente, um cuidado que é prejudicado se as unhas estiverem pintadas.

6. Levar um acompanhante

Embora o paciente desperte logo que o exame de endoscopia termina, a sedação costuma ter efeitos como sonolência, falta de concentração e certa confusão mental que podem durar até oito horas.

Em função disso, o paciente não poderá dirigir no dia do exame e deve estar acompanhado por um adulto.

Onde fazer endoscopia

O exame de endoscopia é feito em clínicas especializadas que contam com médicos gastroenterologistas ou endoscopista.

Agende sua endoscopia pelo site ou aplicativo do MEDPREV e tenha acesso a clínicas de confiança por preços mais acessíveis.

Fonte(s): Sociedade Brasileira de Endoscopia DigestivaAbril Saúde e Hospital Sírio Libanês

24/02/2022   •   há 4 meses

Agende sua consulta ou exame por valores reduzidos

Agendar online Buscar unidade física

Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a

Relacionados

10 sinais de que está na hora de visitar o oftalmologista

Setembro Amarelo: campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio

Poliomielite: causas, sintomas, diagnóstico e a importância da vacina

Exame médico para usar piscinas: cuidados dermatológicos para você aproveitar melhor o verão

Dia Nacional do Combate ao Câncer Infanto-Juvenil: conheça os sinais de alerta

Ver mais

Outras matérias

Ver mais

Especialidades