ENDOSCOPIA

ENDOSCOPIA

O que é endoscopia?

Endoscopia é um exame que permite a visualização das estruturas internas do corpo e o diagnóstico de alterações com o uso do endoscópio, um tubo fino e flexível com uma pequena câmera em sua extremidade.

Hoje em dia, exame de endoscopia é praticamente sinônimo de endoscopia digestiva alta, a técnica diagnóstica na qual o tubo é inserido pela boca para avaliar esôfago, estômago e começo do intestino, e é sobre ela que vamos tratar neste artigo.

Contudo, vale observar que existem outros tipos de endoscopia, como endoscopia nasal e endoscopia ginecológica. Além disso, existe a endoscopia terapêutica, que consiste no uso dessa técnica para o tratamento de diversas condições do tubo digestivo, como a redução de estômago por endoscopia.

O exame de endoscopia dói?

Algumas pessoas acham que endoscopia dói e ficam com receio de realizar esse exame. Porém, esse desconforto não existe, pois se trata de um exame indolor e são utilizados anestésicos.

Para isso, borrifa-se um spray de anestésico local (geralmente xilocaína) na garganta para reduzir sua sensibilidade e evitar acessos de tosse ou engasgo durante a inserção do tubo. Além disso, a anestesia para endoscopia inclui a aplicação de sedativos por via intravenosa para que o paciente relaxe e durma durante o exame.

No caso de endoscopia em criança, costuma-se utilizar a anestesia geral por via inalatória nos pacientes menores, enquanto crianças um pouco mais velhas podem utilizar sedação intravenosa.

Como é feita a endoscopia

O exame de endoscopia geralmente é feito com o paciente deitado de lado para proporcionar maior conforto. Depois que a sedação fizer efeito, o médico insere o endoscópio pela boca, que será mantida aberta com o auxílio de um objeto de plástico.

O tubo é conduzido até a porção inicial do intestino delgado, e as imagens capturadas pela câmera são exibidas em um monitor.

Para proporcionar uma melhor visualização do trato digestivo, é necessário que os órgãos sejam insuflados com a introdução de ar. No fim do exame, esse ar é aspirado para que o paciente não tenha nenhum mal-estar.

Caso seja encontrada alguma lesão suspeita, o médico colherá uma amostra de tecido para biópsia. Além disso, o exame de endoscopia pode incluir o tratamento medicamentoso de sangramentos e a remoção de pólipos e tumores em fase inicial.

Quando feita apenas para diagnóstico, a endoscopia costuma durar de 15 a 20 minutos. Se for necessário fazer um tratamento, a duração dependerá da natureza da lesão.

Preparo para endoscopia

Cada clínica tem suas próprias recomendações, mas, em geral, o preparo para endoscopia inclui as seguintes orientações:

  • Fazer uma dieta leve na véspera do exame, evitando alimentos pesados, gordurosos e de difícil digestão (como frituras e carne vermelha);

  • Fazer jejum de 8 horas para alimentos sólidos;

  • Fazer jejum de 3 a 4 horas para líquidos;

  • Não utilizar medicamentos antiácidos;

  • Conversar antecipadamente com o médico para saber quais medicamentos de uso contínuo devem ser deixados para depois do exame;

  • Comparecer ao exame sem esmalte nas unhas.

Como é a recuperação da endoscopia

A sedação é interrompida logo que o exame de endoscopia termina, assim o paciente estará desperto em pouco tempo e poderá se alimentar. Contudo, é preciso permanecer em observação na clínica por 10 a 30 minutos.

Além disso, o paciente deverá estar acompanhado por um adulto, pois ele não poderá dirigir. Recomenda-se fazer repouso no restante do dia.

De quanto em quanto tempo pode fazer endoscopia?

Como se trata de um exame invasivo, a endoscopia costuma ser solicitada apenas quando o paciente apresenta queixas relacionadas ao trato gastrointestinal.

Entretanto, ela pode ser realizada com mais frequência em pessoas com histórico familiar de pólipos ou câncer e para o monitoramento de gastrite crônica, tumores e cirurgia de redução do estômago.

Gestantes podem fazer endoscopia?

Este exame não costuma ser solicitado para gestantes, mas uma paciente grávida pode fazer endoscopia caso haja sintomas ou suspeita de doenças que ameacem sua saúde ou a saúde do bebê.

O procedimento em si não oferece grandes riscos para a mãe e o feto, mas os medicamentos sedativos podem causar malformações no primeiro trimestre.

Quanto custa uma endoscopia?

Não existe um único valor para este exame, de modo que cada clínica que faz endoscopia pode estabelecer um preço diferente. Por isso, você pode utilizar o MEDPREV para agendar seu exame de endoscopia por valores mais acessíveis.

O MEDPREV é parceiro de várias clínicas especializadas, assim você pode escolher onde fazer endoscopia e realizar um exame de alta qualidade por um preço mais em conta.

Marcar Exame ou Consulta
O MedPrev oferece mais de 200 especialidades, exames, cirurgias e procedimentos por valores acessíveis
+ de 60 unidades
do MEDPREV espalhadas por todo o Brasil
Localizar Unidade
AGORA AINDA
MAIS FÁCIL

Com o aplicativo MEDPREV
em poucos cliques você  
agenda sua consulta

Quero cadastrar

Receba nossas novidades e soluções
para a sua saúde, cadastre-se já!