Blog

Doenças

Câncer de Mama – o que você precisa saber?

Câncer de Mama, o que você precisa saber? Ser diagnosticada com um câncer de mama, sem dúvida alguma, é um dos grandes medos na vida de uma mulher.  E não […]

câncer de Mama

Câncer de Mama, o que você precisa saber?

Ser diagnosticada com um câncer de mama, sem dúvida alguma, é um dos grandes medos na vida de uma mulher. 

E não é por menos pois, no Brasil, esse é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres.

E o número de novos casos, infelizmente, não para de crescer.

Porém, é importante lembrar também que, nos últimos anos, tivemos grandes avanços no que diz respeito à prevenção e ao combate do câncer de mama.

Mas o que é essa doença tão temida entre as mulheres? 

Quais são os seus sintomas? 

Tem cura? 

Como é realizado o tratamento?

Acompanhe essas e outras respostas sobre o câncer de mama no post que preparamos para o Outubro Rosa.

 

O que é um câncer de mama?

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama, ou seja, células que adquirem características anormais causadas por uma ou mais mutações no seu material genético. 

 

Quais as causas de um câncer de mama?

Antes de mais nada, é importante frisar que o câncer de mama não tem apenas uma causa única.

Ou seja, diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolvimento da doença.

Entre esses fatores podemos destacar:

  • Idade onde mulheres a partir dos 40 anos têm maior risco de desenvolver a doença
  • Fator endócrino
  • Fatores comportamentais 
  • Fatores ambientais
  • Genética e hereditariedade

 

Como é feito o diagnóstico?

Após detectados nódulos ou outros sinais nas mamas da paciente durante um exame clínico ou por exames de imagem, é realizada uma biópsia.

Neste procedimento, são retirados pequenos fragmentos do nódulo que vão para análise de um médico patologista, que é quem irá diagnosticar se essa alteração é ou não um câncer de mama.

 

Quais os sintomas?

É quase que uma unanimidade.

Quando falamos sobre câncer de mama um dos primeiros sintomas que vem à cabeça das mulheres, é o aparecimento de nódulos em uma ou ambas as mamas.

Porém, é importante lembrar que, além dos nódulos, outros sinais ou sintomas podem indicar a presença da doença, são eles:⠀⠀

  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja
  • Alterações no formato ou tamanho da mama
  • Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço
  • Saída de secreção dos mamilos
  • Dor nos seios
  • Inversão do mamilo
  • Coceira na mama ou no mamilo

 

Câncer de mama tem cura?

Sim. Quando diagnosticado em fase inicial, as chances de cura chegam a até 90%.

Por essa razão, é muito importante que a mulher faça o autoexame, e a partir dos 40 anos de idade, faça exames de rastreamento e visitas periódicas ao seu mastologista.

Você pode aproveitar os valores reduzidos da Medprev para agendar seu checkup de Outubro Rosa clicando aqui.

 

Quais os tipos de tratamentos para o câncer de mama?

Atualmente, graças aos avanços da tecnologia, existem vários métodos de tratamento para a doença.

Dos tratamentos mais invasivos aos menos agressivos, o método escolhido irá depender de fatores como, por exemplo, o estágio em que se encontra a doença e o tipo de câncer de mama da paciente. 

Entre esses diversos métodos de tratamento, os mais comuns são:

  • Quimioterapia
  • Hormonioterapia
  • Radioterapia
  • Procedimento Cirúrgico
  • Terapia-Alvo

 

Homem pode ter câncer de mama?

Sim, embora a  incidência seja baixa quando comparado com as mulheres, em torno de 1% de todos os casos, os homens também correm o risco de desenvolver a doença.⠀

E, assim como nas mulheres, são vários os fatores de risco que podem aumentar as chances do aparecimento da doença com, por exemplo,  a idade e os casos de câncer em familiares.

Conclusão

Assim como em todos os tipos da doença, a melhor arma contra o câncer de mama ainda é a prevenção.

Prevenção essa realizada com uma boa alimentação, com a prática de atividades físicas, com cuidados com a mente, com o autoexame e, acima de tudo, com acompanhamento periódico de um médico especialista.

Faça sempre o autoexame e ao perceber qualquer sinal procure a Medprev.

São mais de 70 especialidades médicas para que você possa cuidar da sua saúde pagando somente quando usar.

Conte com a MEDPREV para cuidar da sua saúde, mulher!

Influencie suas amigas, irmãs, mãe, tias e primas a fazerem o mesmo.

Gostou desse conteúdo?

Compartilhe com um amigo e siga a nossa página no Instagram para receber dicas sobre saúde e bem-estar.