Blog

Saúde

Como manter o Índice de Massa Corporal (IMC) adequado?

Qual é o peso ideal para um adulto? A resposta para essa pergunta depende de uma série de fatores – e nenhum deles têm relação com questões estéticas e culturais. […]

Qual é o peso ideal para um adulto? A resposta para essa pergunta depende de uma série de fatores – e nenhum deles têm relação com questões estéticas e culturais. Antes de se preocupar em como andam os ponteiros da balança, é preciso entender o conceito de peso ideal do ponto de vista da saúde, o chamado IMC.

Alguém que esteja acima ou abaixo do peso ideal tem mais risco de desenvolver certos tipos de doenças. Pessoas obesas ou com sobrepeso são mais suscetíveis a diabetes, problemas cardiovasculares e hipertensão. Já aqueles com peso muito abaixo podem sofrer de anorexia nervosa ou mesmo ter algum tipo de distúrbio metabólico.

Para falarmos sobre peso ideal, primeiro precisamos entender o conceito de IMC.

O que é IMC?

IMC é uma sigla para Índice de Massa Corporal. Essa metodologia é adotada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como referência em todo o mundo. A fórmula leva em consideração dois fatores: o peso e a altura. É a relação entre esses dois valores que resulta no IMC. Veja como fazer o cálculo:

IMC = peso (em quilos)
            altura² (em metros)

Vamos a um exemplo prático de IMC: suponha um homem de 30 anos que pesa 82 quilos e tem 1,80 metro de altura. Aplicando os valores na fórmula, o resultado é 25,3 kg/m², algo considerado como sobrepeso. Conheça agora as relações entre os índices obtidos e os seus respectivos significados.

  • Baixo peso muito grave = abaixo de 16 kg/m².
  • Baixo peso grave = entre 16 e 16,99 kg/m².
  • Baixo peso = entre 17 e 18,49 kg/m².
  • Peso normal = entre 18,50 e 24,99 kg/m².
  • Sobrepeso = entre 25 e 29,99 kg/m².
  • Obesidade grau I = entre 30 e 34,99 kg/m².
  • Obesidade grau II = entre 35 e 39,99 kg/m².
  • Obesidade grau III (obesidade mórbida) = maior que 40 kg/m².

Como você pode imaginar, o ideal sempre é estar mais próximo do chamado “peso normal”, cujo IMC varia entre 18,50 e 24,99 kg/m². Entretanto, isso não significa que pessoas com baixo peso ou sobrepeso estejam em risco, mas elas podem estar mais propensas a desenvolver certos tipos de doenças, à medida que esse valor se afasta, para mais ou para menos, do peso normal.

IMC é o ponto de partida em uma análise da saúde

Não é possível afirmar que uma pessoa com peso normal é mais saudável do que uma com sobrepeso apenas observando o índice IMC. Esse é apenas um entre muitos fatores que os médicos avaliam antes de dar qualquer tipo de diagnóstico para um paciente. Por isso, ao descobrir o seu IMC, não tome decisões sobre o que fazer a seguir sem antes se consultar com um médico.

Para ter uma vida saudável, além de buscar sempre estar o mais próximo possível do IMC normal, é importante ainda praticar exercícios físicos, manter uma dieta equilibrada, ter boas noites de sono e evitar o consumo de substâncias nocivas à saúde, como cigarro, álcool ou outras drogas.

Além disso, há que se considerar o fato de que músculos pesam mais do que gordura. Na prática, isso significa que pessoas com corpo atlético ou definido podem ter IMC mais alto sem necessariamente estarem com sobrepeso. Novamente: cada caso precisa ser avaliado de forma individual e, por essa razão, é fundamental que você agende uma consulta com um médico ou nutricionista para tirar todas as suas dúvidas sobe o tema e obter orientação personalizada.

…..

A preocupação com a saúde não deve se limitar à balança. Como pudemos ver, são múltiplos fatores que influenciam no IMC. Nós recomendamos que você faça check-ups periódicos para acompanhar a evolução do seu corpo. Agende uma consulta na Medprev e faça exames regulares para manter a atenção com a saúde sempre em dia.

Dicas de saúde, novidades e soluções no seu e-mail, cadastre-se já!

Fique tranquilo, não enviamos spam para nossos pacientes.