Blog

Saúde

Prevenção, a grande aliada na luta contra o câncer de mama.

Prevenção, a grande aliada na luta contra o câncer de mama. Quando falamos sobre prevenção contra o câncer de mama, a primeira coisa que vem à cabeça são as orientações […]

prevenção contra o câncer de mama

Prevenção, a grande aliada na luta contra o câncer de mama.

Quando falamos sobre prevenção contra o câncer de mama, a primeira coisa que vem à cabeça são as orientações básicas como realizar o autoexame e fazer visitas periódicas ao mastologista para exames de rastreamento.

Porém, assim como acontece com qualquer outro tipo de doença, a prevenção contra o câncer de mama vai muito além dessas recomendações rotineiras.

Quando falamos sobre prevenção, precisamos olhar para a nossa saúde como um todo.

Ou seja, precisamos cuidar da nossa saúde física, mental, emocional.

Confira o post que preparamos sobre prevenção contra o câncer de mama, para o mês do Outubro Rosa.

 

O câncer de mama e seus fatores de proteção

Uma das principais formas de prevenção contra um câncer de mama, é estimular os chamados fatores de proteção, especificamente, aqueles considerados modificáveis.

Por exemplo:

  • A prática regular de algum tipo de atividade física;
  • O controle do peso corporal, evitando a obesidade;
  • A adoção de uma alimentação saudável e equilibrada;
  • A amamentação;
  • A qualidade do sono;
  • O controle do consumo de bebidas alcoólicas e do cigarro;
  • Cuidados com o estado emocional.

Só para ter uma ideia, estima-se que por meio da boa alimentação, nutrição e da prática de atividades físicas regulares, é possível reduzir em até 28% o risco de uma mulher desenvolver o câncer de mama. 

 

O estresse e o câncer de mama

Antes de mais nada, sabemos que situações de estresse prolongado podem desencadear diversos tipos de doenças como obesidade, ansiedade e a depressão.

Além disso, nos últimos anos muito vem se estudando sobre a relação do estresse com o aparecimento do câncer de mama. 

O dia a dia agitado das grandes cidades somado a preocupações com os filhos, o trabalho e a família, acabam geram ansiedade, medo e distúrbios do sono, o que aumenta, e muito, as chances de uma mulher desenvolver o estresse de forma crônica.

Recentemente, um estudo realizado na Suíça mostrou que mulheres que sofrem com estresse crônico correm duas vezes mais risco de desenvolver um câncer de mama do que aquelas mulheres que não sofrem com estresse. 

Esses dados só reforçam a importância de mantermos em equilíbrio a nossa saúde mental.

 

A obesidade e o câncer de mama

Atualmente, no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, a obesidade é considerada um problema de saúde pública, onde mais de 50% da população está acima do peso.

O que muitas pessoas não sabem é que a obesidade, além de ser fator de risco para o desenvolvimento de doenças como, por exemplo, a hipertensão e o colesterol, também é fator de risco para o desenvolvimento do câncer de mama.⠀

Grande parte dos alimentos que ingerimos diariamente é rico em substâncias como o sódio, açúcar livre e gorduras saturadas que, se ingeridos em excesso, podem desencadear sérios problemas de saúde. 

Por isso, focar em uma alimentação balanceada com frutas e legumes sem agrotóxicos e na prática de atividade física regular, é fundamental para uma vida mais saudável e longe do câncer de mama.

 

A amamentação como fator de proteção

Além de um lindo ato de amor, a amamentação é considerada um dos grandes fatores de proteção contra o câncer de mama.

Ou seja, a amamentação estimula as glândulas mamárias diminuindo a quantidade de hormônios na corrente sanguínea, reduzindo o risco de desenvolver a doença. 

Por isso, se você foi mãe recentemente, amamente!

 

Conclusão 

Não só durante a Campanha Outubro Rosa, mas também no restante do ano, a prevenção e os cuidados com a saúde da mulher devem acontecer.

É importante lembrar que o câncer de mama tem cura, e quanto mais cedo for diagnosticado maiores são as chances de cura e de dar a volta por cima.

Por isso cuide-se e coloque em prática os fatores de proteção.

Conte com a Medprev para cuidar de sua saúde.

Gostou desse conteúdo? 

Compartilhe com um amigo e siga a nossa página no Instagram para receber dicas sobre saúde e bem-estar.