Medprev
Transtorno de Personalidade Narcisista

Transtorno de Personalidade Narcisista: o que é e tratamento

Revisado pela Equipe de Redação da Medprev

transtorno-de-personalidade-narcisista-o-que-e-e-tratamento.jpg

O Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) é um distúrbio mental caracterizado por um padrão generalizado de grandiosidade, necessidade de admiração e falta de empatia. As pessoas que sofrem desse transtorno têm uma autoimagem inflada e buscam incessantemente reconhecimento e validação dos outros.

Indivíduos com Transtorno de Personalidade Narcisista muitas vezes têm uma visão distorcida de si mesmos, exagerando suas próprias realizações e talentos, enquanto menosprezam os outros.

Neste artigo, saiba mais sobre o Transtorno de Personalidade Narcisista: o que é, tratamento, sintomas, possíveis causas que contribuem para o seu desenvolvimento, estratégias para o diagnóstico preciso e opções de tratamento disponíveis para ajudar aqueles que enfrentam esse desafio psicológico. Acompanhe!

O que é transtorno de personalidade narcisista?

O Transtorno de Personalidade Narcisista (TPN) é uma condição psiquiátrica incluída no grupo dos transtornos de personalidade.

Pessoas com esse transtorno apresentam um sentimento exagerado de autoimportância e uma necessidade constante de serem admiradas e elogiadas. Elas também frequentemente têm fantasias de sucesso ilimitado, poder, beleza ou amor ideal, acreditando serem especiais e únicas.
No entanto, por trás dessa fachada de autoconfiança, esconde-se uma fragilidade emocional e baixa autoestima que é disfarçada pela busca incessante por elogios e atenção.

O TPN faz parte de um grupo de transtornos de personalidade conhecidos como "Cluster B", que também inclui o Transtorno de Personalidade Borderline, o Transtorno de Personalidade Antissocial e o Transtorno de Personalidade Histriônica, podendo estar associado a eles ( inclusive ao Transtorno Bipolar).

Essa conexão entre diferentes transtornos pode tornar o diagnóstico e o tratamento mais complexos, sendo preciso uma avaliação cuidadosa e abrangente por um profissional de saúde mental como o psicólogo ou psiquiatra.

A personalidade narcisista pode ser categorizada como patológica quando os traços narcisistas são tão acentuados que causam prejuízos significativos ao indivíduo e interferem negativamente em seus relacionamentos e funcionamento geral.

Quem lida com essa condição tem dificuldade em reconhecer as necessidades e emoções dos outros, demonstrando falta de empatia e consideração pelos sentimentos alheios.

Esse comportamento egocêntrico e insensível pode levar a conflitos interpessoais e isolamento social, pois os relacionamentos tendem a ser superficiais.

As pessoas com Transtorno de Personalidade Narcisista muitas vezes se sentem merecedoras de tratamento especial e podem esperar que terceiros atendam suas necessidades de qualquer modo.

Além disso, elas também podem se envolver em comportamentos arrogantes e demonstrar dificuldade em lidar com críticas ou rejeição, já que têm uma necessidade constante de validação externa, buscando constantemente aprovação e reconhecimento para sustentar sua autoestima frágil.

Sintomas do Transtorno de Personalidade Narcisista

Os sintomas do Transtorno de Personalidade Narcisista podem se manifestar de maneira variada em cada pessoa, mas geralmente envolvem uma série de características distintas que afetam sua forma de interagir com o mundo ao seu redor. Confira parte deles a seguir.

1) Grandiosidade e autoimportância

As pessoas com TPN frequentemente apresentam uma visão idealizada de si mesmas e comumente acreditam que têm características melhores e/ou mais importantes do que outras pessoas.

Essa grandiosidade pode levar à busca por reconhecimento e admiração de forma intensa e prejudicial.

2) Necessidade de admiração e atenção

Os indivíduos com TPN anseiam constantemente por elogios, admiração e atenção dos outros. Eles buscam ser o centro das atenções e esperam ser reconhecidos e elogiados por suas conquistas e atributos.

3) Falta de empatia e dificuldade nos relacionamentos

A falta de empatia é uma característica central do Transtorno de Personalidade Narcisista, já que as pessoas afetadas têm dificuldade em entender e se conectar emocionalmente com os sentimentos e necessidades dos outros.

Isso pode levar a relacionamentos interpessoais problemáticos e dificuldades em manter conexões genuínas.

4) Exploração interpessoal

Indivíduos com TPN muitas vezes veem outras pessoas como meios para atingir seus próprios objetivos e metas pessoais.

Eles podem manipular, explorar ou se aproveitar dos outros para obter benefícios pessoais sem considerar as consequências para os demais envolvidos.

5) Fantasias de sucesso e poder

As pessoas que lidam com o transtorno frequentemente alimentam fantasias de sucesso ilimitado, poder, beleza ou amor ideal. Elas podem acreditar que estão destinadas a alcançar feitos extraordinários ou receber admiração e reconhecimento.

6) Inveja e rivalidade

Sentimentos de inveja são comuns no TPN. Pessoas com esse transtorno podem desejar o sucesso ou as qualidades alheias, além de se sentirem ameaçadas ou diminuídas quando os outros são elogiados ou reconhecidos.

7) Comportamento arrogante e condescendente

As pessoas com TPN frequentemente exibem um comportamento arrogante e condescendente em relação aos outros, acreditando que são superiores intelectualmente, emocionalmente ou socialmente.

Esses sintomas podem criar dificuldades significativas nos relacionamentos interpessoais, bem como no funcionamento geral do indivíduo em diversos contextos sociais, como no trabalho, na escola ou na família.

É importante lembrar que o diagnóstico do Transtorno de Personalidade Narcisista deve ser feito por um profissional de saúde mental qualificado, pois apenas um especialista pode analisar adequadamente os sintomas e fornecer o tratamento adequado.

Causas do Transtorno de Personalidade Narcisista

As causas exatas do Transtorno de Personalidade Narcisista ainda não são completamente compreendidas, mas pesquisas indicam que existem vários fatores que podem contribuir para o desenvolvimento desse transtorno complexo.

1) Genética

Estudos sugerem que a genética desempenha um papel na predisposição ao Transtorno de Personalidade Narcisista.
Pessoas com histórico familiar de TPN podem ter maior probabilidade de desenvolver o transtorno, o que indica uma influência genética na sua manifestação.

2) Ambiente familiar

O ambiente em que uma pessoa cresce e se desenvolve pode desempenhar um papel importante na formação de traços narcisistas.
Relações familiares disfuncionais, superproteção excessiva ou negligência na infância podem contribuir para a formação de um padrão de comportamento narcisista na vida adulta.

3) Experiências de vida

Eventos traumáticos ou situações de humilhação e rejeição podem influenciar o desenvolvimento do Transtorno de Personalidade Narcisista.
Essas experiências podem afetar a autoestima e a percepção de si mesmo, levando à formação de comportamentos e atitudes narcisistas como mecanismo de defesa.

4) Aprendizagem social

Modelos de comportamento narcisista na família ou na sociedade em geral podem influenciar o desenvolvimento desses traços.
Por exemplo, pessoas que crescem em ambientes em que o comportamento narcisista é valorizado ou recompensado podem aprender a adotar essas características como uma estratégia para obter reconhecimento e aceitação social.

É importante ressaltar que o Transtorno de Personalidade Narcisista é um distúrbio mental complexo e multifacetado e a sua origem não pode ser atribuída a um único fator isolado.

Ao invés disso, acredita-se que uma combinação de fatores genéticos, biológicos e ambientais interagem para contribuir para o desenvolvimento desse transtorno.

Diagnóstico e tratamento do Transtorno de Personalidade Narcisista

O diagnóstico do Transtorno de Personalidade Narcisista é realizado por um profissional de saúde mental, como um psiquiatra ou psicólogo, através de uma avaliação clínica minuciosa.

O profissional realiza uma entrevista detalhada com o paciente para compreender seus padrões de pensamento, comportamento, história de vida e relacionamentos interpessoais.

É importante também descartar outras condições psiquiátricas que possam ter sintomas semelhantes antes de chegar ao diagnóstico preciso.
O tratamento do Transtorno de Personalidade Narcisista geralmente envolve uma abordagem multidisciplinar e que combina diferentes estratégias terapêuticas. Alguns dos principais componentes do tratamento incluem:

1) Psicoterapia

A terapia individual é uma das abordagens mais eficazes no tratamento do TPN. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é frequentemente utilizada para auxiliar o indivíduo a identificar e modificar padrões de pensamento disfuncionais e comportamentos prejudiciais associados ao transtorno.

Além disso, a terapia pode ajudar o paciente a desenvolver habilidades de enfrentamento mais saudáveis e a trabalhar a baixa autoestima e a insegurança subjacentes ao comportamento narcisista.

A terapia de grupo também pode ser benéfica, permitindo que os indivíduos compartilhem suas experiências e aprendam com pessoas que enfrentam desafios semelhantes.

2) Medicação

O uso de medicamentos não é o tratamento principal para o TPN, mas em alguns casos, pode ser considerado para tratar sintomas específicos associados ao transtorno, como ansiedade, depressão ou impulsividade.

No entanto, é importante enfatizar que a prescrição de medicamentos deve ser realizada por um médico especializado em saúde mental (como um psiquiatra), e ocorre em casos pontuais como complemento de outros tratamentos (como a psicoterapia).

3) Desenvolvimento da empatia

Pessoas com TPN frequentemente têm dificuldade em compreender e se conectar emocionalmente com os sentimentos e necessidades dos outros.

Terapias focadas no desenvolvimento da empatia e habilidades sociais podem ser incorporadas ao tratamento para ajudar os indivíduos a se relacionarem de forma mais saudável e autêntica.

A construção de empatia pode ser um desafio para os narcisistas, mas é uma habilidade importante para melhorar seus relacionamentos e bem-estar emocional.

4) Conscientização da condição

A conscientização dos traços narcisistas e o compromisso com o tratamento são fundamentais para a melhoria do indivíduo.

A terapia pode ajudar o paciente a reconhecer como seus comportamentos afetam os outros e a si mesmos. Desenvolver a autocrítica e aceitar feedback de outras pessoas pode ser difícil para alguém com TPN, mas é um passo importante para a mudança positiva.

A vontade de mudar e o esforço contínuo para trabalhar seus comportamentos narcisistas são cruciais para o progresso no tratamento.

É importante lembrar que o tratamento do Transtorno de Personalidade Narcisista pode ser um processo desafiador, pois envolve mudanças profundas na forma de pensar e agir do indivíduo.

Por essa razão, o suporte de profissionais de saúde mental, amigos e familiares é essencial durante todo o processo de tratamento. Com o tratamento adequado e o compromisso em trabalhar em si mesmo, é possível que pessoas com TPN melhorem seus relacionamentos e qualidade de vida.

Conclusão

Como visto no post Transtorno de Personalidade Narcisista: o que é e tratamento, essa é uma condição mental complexa que afeta significativamente a vida do indivíduo e das pessoas ao seu redor.

Os sintomas de grandiosidade, necessidade de admiração e falta de empatia podem causar dificuldades nos relacionamentos interpessoais e diferentes esferas da vida do indivíduo.

O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são fundamentais para ajudar as pessoas com TPN a desenvolverem habilidades emocionais saudáveis e lidarem com os traços narcisistas.

15/09/2023   •   há 9 meses


Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a