Infectologista EM Imperatriz - MA

Consulta com Infectologista em Imperatriz - MA por  valores reduzidos.  Agende agora mesmo pela Medprev!

A Medprev cuida de você há mais de 20 anos.

Só paga quando usar,
sem mensalidades ou taxas de adesão.

+ 100

unidades

+ 500

clínicas e pontos de coleta de exames

+ 10 mil

agendamentos por dia

+ 17 mil

profissionais
parceiros

+ 300

atendentes
(público e telefônico)

+ 70

especialidades
médicas

Vamos saber um pouco mais sobre Infectologista ?

Veja o que preparamos para ficar por dentro dessa especialidade.

Com o surgimento da pandemia de COVID-19, tornou-se essencial conhecer melhor sobre o coronavírus e assuntos relacionados ao tema. Nesse cenário, o infectologista atuou fortemente, ajudando a população a entender melhor sobre a doença.

Saiba mais sobre o profissional essencial para o combate à pandemia.

O que é infectologia?

A infectologia é a especialidade responsável tanto pelo estudo e análise, quanto pelo diagnóstico, tratamento e acompanhamento de casos relacionados a patógenos.

Entre os patógenos existentes, estão:

  • Vírus: são parasitas intracelulares (não são seres vivos) que dependem de hospedeiros para se reproduzir. Exemplos de doenças causadas por vírus: gripe, dengue e febre amarela;
  • Bactérias: são formadas por uma célula única (são seres vivos) sem núcleo e podem existir individualmente ou agrupadas. Exemplos de doenças causadas por bactérias: infecção urinária, meningite e gonorreia;
  • Protozoários: são unicelulares (são seres vivos) com núcleo e podem ser parasitas, podendo viver no corpo dos seres humanos. Exemplos de doenças causadas por protozoários: toxoplasmose, malária e Doença de Chagas;
  • Príons: são moléculas de proteína (não são seres vivos) que embora não possuam código genético, são altamente infecciosas. Exemplos de doenças causadas por príons: insônia fatal, prionopatia e Doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ).

O profissional também lida com outros tipos de microrganismos (além dos citados) que podem prejudicar a saúde.

O que faz o infectologista?

O infectologista atua diretamente na prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento de doenças relacionadas a patologias causadas por agentes infecciosos.

Esse médico também é o responsável por orientar pacientes sobre medidas de prevenção e realizar o estudo de vacinas e/ou ações que evitem a propagação de doenças virais e bacterianas.

Veja algumas das doenças e condições que podem ser tratadas pelo infectologista:

  • HIV (pode causar Aids);
  • Dengue;
  • Malária;
  • Febre amarela;
  • Influenza;
  • Hepatites A, B, C, D e E;
  • Tuberculose;
  • Ebola;
  • Gripes;
  • Raiva;
  • IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis);
  • DST ( Doenças Sexualmente Transmissíveis);
  • Leptospirose;
  • Hanseníase;
  • Tuberculose;
  • Bronquite.

O infectologista realiza a prescrição dos antibióticos, sendo muito importante seguir à risca a sua orientação para evitar problemas como o agravamento da condição médica.

Tomar antibióticos sem receita é um risco que pode gerar a criação de bactérias resistentes ao remédio, o que em casos mais graves pode levar à morte por falta de cura.

Quando procurar o infectologista?

Há diversos casos em que é necessária uma consulta com o infectologista, entre eles a preparação de um viajante para uma região como as zonas tropicais, no qual é necessário tomar vacinas específicas.

Para se preparar para as zonas endêmicas (em que há a ocorrência dos mesmos tipos de doença frequentemente de forma controlada), também é preciso checar com o infectologista todos os cuidados necessários para evitar o contágio.

Entre alguns exemplos de zonas endêmicas estão os países da Ásia Central, Oriente Médio e Caribe, que têm a malária como doença comum. No Brasil, há estados (principalmente do norte do país) que também são mais suscetíveis a essa patologia, como Acre, Pará e Roraima.

Embora muitos pacientes procurem esse médico quando apresentam sintomas de infecções, é importante agendar uma consulta para prevenir doenças e esclarecer dúvidas. É por meio desse profissional que é possível tratar micoses, ter orientação sobre o cronograma de vacinação e tratar problemas causados por protozoários, por exemplo.

Durante a consulta, mesmo que não haja sinais claros sobre a patologia, podem ser solicitados exames para investigar qualquer alteração no organismo.

Diferença entre infecção e inflamação

É muito comum haver uma confusão entre os termos infecção e inflamação, embora ambos sejam comuns. A inflamação é resultado da reação do sistema imunológico a algum tipo de ferimento, como um corte. Durante o processo inflamatório, através de uma maior circulação sanguínea, o corpo tenta proteger a lesão. Como sintomas, pode haver inchaço e dor, por exemplo.

Já a infecção não é provocada pelo próprio organismo, mas por um fator externo como um vírus ou bactéria. Quando isso acontece, se não há o tratamento específico rapidamente, a infecção pode se espalhar e afetar outros órgãos. O tratamento mais comum é o uso de antibióticos, que devem ser usados em um período determinado e estritamente de acordo com as orientações médicas.

Um dos tipos de infecção mais comuns é a urinária, que acomete principalmente mulheres. Quando não tratada, a infecção pode afetar não só a bexiga, mas também o rim, e em um quadro grave, entrar na corrente sanguínea. Nesse estágio, chamado de quadro infeccioso sistêmico grave (infecção generalizada), o risco de óbito é alto, pois há o comprometimento do funcionamento de órgãos e tecidos.

Entre os sintomas que surgem durante esse estágio, estão febre, fraqueza, pressão alta e confusão mental, que indicam o nível de gravidade da enfermidade.

Importância do infectologista na pandemia

Além de manter a boa saúde do paciente em relação a infecções, o infectologista tem sido cada vez mais procurado durante a pandemia de COVID-19 para ajudar a combater o coronavírus e os meios de propagação da doença.

Manter a saúde pública só é possível através desse profissional, que elabora planos de contenção de doenças e auxilia na educação da população em relação a como se cuidar durante a pandemia.

Entre as funções do infectologista, principalmente durante a pandemia, estão:

  • Pesquisa por tratamentos para aliviar sintomas e curar a doença;
  • Diagnósticos;
  • Prevenção da doença;
  • Documentação do cenário pandêmico;
  • Estudo dos efeitos da doença no organismo;
  • Acompanhamento de pacientes infectados.

Em uma consulta com o infectologista podem ser feitas várias perguntas sobre a COVID-19. Confira algumas das mais comuns:

  • Lactante infectada por amamentar?
  • Quando devo trocar a máscara?
  • A vacina protege totalmente da doença?
  • Como posso evitar o contágio com uma pessoa infectada em casa?
  • O que preciso fazer se eu estiver doente?
  • Vou ter sequelas?
  • Vou me contaminar com o aperto de mão?
  • Animais domésticos podem ser contaminados?
  • Como posso fortalecer a minha imunidade?

Quanto custa uma consulta com infectologista?

O valor da consulta com o infectologista varia de acordo com a clínica, sendo necessário checar previamente o seu preço.

Se você precisa de um infectologista para avaliar a sua saúde, agende um horário pela MEDPREV e tenha uma consulta por valores reduzidos.

Entre em contato com a nossa equipe!

Agende uma consulta com Valores Reduzidos

Se você procura por um Infectologista em Imperatriz - MA conte com a Medprev. Aqui você agenda consultas e exames por valores acessíveis, sem mensalidade e sem taxa de adesão.

Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a

Especialidades em Imperatriz

Ver mais

Outras matérias

Ver mais