Endocrinologista EM Joinville - SC

Consulta com Endocrinologista em Joinville - SC por  valores reduzidos.  Agende agora mesmo pela Medprev!

A Medprev cuida de você há mais de 20 anos.

Só paga quando usar,
sem mensalidades ou taxas de adesão.

+ 100

unidades

+ 550

clínicas e pontos de coleta de exames

+ 12 mil

agendamentos por dia

+ 19 mil

profissionais
parceiros

+ 300

atendentes
(público e telefônico)

+ 70

especialidades
médicas

Vamos saber um pouco mais sobre Endocrinologista ?

Veja o que preparamos para ficar por dentro dessa especialidade.

O que é endocrinologia?

Endocrinologia é a especialidade médica que estuda o sistema endócrino, que é formado pelas glândulas e as secreções que elas produzem, denominadas hormônios.

Algumas das principais glândulas endócrinas são:

  • Hipófise, principal responsável pelo controle das outras glândulas, tendo ligação direta com o hipotálamo. É dividida em lobo frontal e lobo posterior;
  • Hipotálamo, que atua no controle das necessidades do organismo (como apetite e fome), além de regular a temperatura corporal e produzir substâncias relacionadas ao apetite sexual;
  • Tireoide, que atua diretamente no controle de diversas funções do organismo, como batidas do coração, funcionamento do intestino, além de influenciar também no peso e no humor;
  • Suprarrenais (ou adrenais), responsável pelo metabolismo, controle da pressão sanguínea e da quantidade de sal no organismo, além de produção de hormônios sexuais. É dividida em cortisol e aldosterona;
  • Pâncreas, que afeta diretamente a quantidade de glicose presente no organismo, já que é responsável pela produção de insulina. Também atua no controle da digestão e em como o organismo absorve a comida;
  • Ovários, principais responsáveis pela produção de óvulos (também armazenamento) e hormônios sexuais nas mulheres;
  • Testículos, responsáveis pela produção de hormônios masculinos (por exemplo, a testosterona).

O que faz um endocrinologista?

O endocrinologista é o médico especialista em endocrinologia. A função do endocrinologista é prevenir, diagnosticar e tratar as alterações e doenças originadas pelo aumento ou pela diminuição da produção hormonal.

Os hormônios podem afetar sistemas e órgãos de todo o organismo, por isso o endocrinologista pode fazer o encaminhamento do paciente para outros especialistas. Assim, pode realizar um diagnóstico mais preciso e um acompanhamento completo do paciente.

Algumas das principais condições e doenças tratadas pelo endocrinologista são:

  • Andropausa (“menopausa masculina”);
  • Diabetes, que pode ser dividida e tipo 1, tipo 2, diabetes gestacional entre outras. Ocorre quando não há insulina suficiente no organismo para o controle dos níveis de glicose;
  • Distúrbios da menstruação;
  • Doenças da hipófise (hipopituitarismo, acromegalia, prolactinoma);
  • Doenças da tireoide (hipotireoidismo, hipertireoidismo, bócio, nódulos e câncer);
  • Menopausa, no qual há o ciclo final de menstruação, encerrando o período fértil da mulher. Pode trazer diversos efeitos ao organismo, como alterações no sono, ansiedade, aumento da temperatura corporal e desconforto;
  • Obesidade, no qual há um acúmulo em excesso de gordura no organismo, o que pode provocar desde dores até problemas de saúde graves e morte;
  • Osteoporose, no qual a estrutura óssea torna-se mais frágil devido à porosidade e alteração da densidade do osso;
  • Problemas de crescimento;
  • Problemas na glândula suprarrenal (síndrome de Cushing, insuficiência adrenal);
  • Puberdade precoce ou tardia;
  • Síndrome dos ovários policísticos, no qual há o surgimento de cistos (formas anormais na superfície da região) que afetam vários aspectos da saúde feminina. Podem afetar desde o ciclo menstrual até provocar acnes, aumentar a quantidade de pelos no corpo, e no pior dos casos, levar à infertilidade.

O tratamento proposto pelo endocrinologista depende da natureza do distúrbio e pode incluir a reposição hormonal, o uso de outros tipos de medicamento, mudanças na alimentação e a prática de atividade física, entre outras medidas.

Quando procurar um endocrinologista?

As desordens do sistema endócrino nem sempre se manifestam por meio de sintomas claros, como dores ou febre. Assim, os sinais de quando procurar um endocrinologista incluem alterações de diversas naturezas, por exemplo:

  • Ganha ou perda de peso sem causa aparente;
  • Cansaço constante;
  • Aumento da sede e da vontade de urinar;
  • Perda de sensibilidade ou feridas nos pés;
  • Problemas para dormir;
  • Problemas para comer;
  • Alterações nas taxas de colesterol;
  • Crescimento infantil acima ou abaixo do esperado para a faixa etária;
  • Desenvolvimento precoce de características sexuais em crianças
  • Atraso no desenvolvimento de mamas, pelos pubianos e testículos em adolescentes;
  • Ausência de menstruação depois dos 16 anos;
  • Irregularidades no ciclo menstrual dois anos após a primeira menstruação;
  • Sangramentos entre os ciclos menstruais;
  • Excesso de pelos em mulheres com ou sem aumento da acne;
  • Secreção de leite em homens ou em mulheres que não estão amamentando
  • Aumento do índice glicêmico;
  • Dores fortes durante a menstruação;
  • Cansaço em excesso;
  • Sinais de depressão e ansiedade;
  • Ondas de calor em mulheres;
  • Dificuldade para engravidar;
  • Alterações de humor;
  • Queda de cabelo;
  • Aumento da sudorese;
  • Dificuldades de ereção em homens.

Exames mais pedidos pelo endocrinologista

A lista de exames varia de acordo com as queixas do paciente. Os mais pedidos são os exames de sangue para dosar diversos hormônios, por exemplo:

  • Cortisol, que tranquiliza o corpo, faz o controle do estresse e mantém a pressão arterial estável, entre outros;
  • Estradiol, responsável pelo preparo do útero para a reprodução. Faz o controle do ciclo estral (período de ovulação e preparo para reproduzir) e menstrual;
  • FSH (hormônio folículo-estimulante);
  • GH (hormônio do crescimento);
  • LH (hormônio luteinizante);
  • Progesterona, também é responsável pelo ciclo menstrual e atua diretamente no endométrio, que descarta o tecido endometrial quando não há a fecundação;
  • Prolactina, responsável pela produção de leite durante a amamentação, podendo causar o aumento do volume das mamas devido à produção da substância;
  • T3 e T4 (hormônios da tireoide);
  • Testosterona;
  • TSH (hormônio estimulante da tireoide).

O que perguntar na consulta com endocrinologista?

Para aproveitar melhor a consulta com endocrinologista, você deve se certificar de que entendeu o diagnóstico e como deve ser feito o tratamento. Veja algumas perguntas que você pode fazer:

  • Qual é o nome do meu problema?
  • Qual é a causa desse problema?
  • Devo tomar este medicamento em jejum?
  • Este medicamento tem algum efeito colateral?
  • Em quanto tempo vou me sentir melhor?
  • Por quanto tempo vou fazer este tratamento?
  • Quando devo voltar ao consultório?
  • Posso tomar este medicamento durante a gestação
  • Fazer exercícios físicos pode ajudar na minha condição?
  • Preciso mudar minha alimentação
  • Tenho histórico de doenças na minha família, quais as chances de eu desenvolver a mesma patologia?
  • A minha doença ou condição tem cura?
  • Preciso de acompanhamento de outras especialidades?

Quanto custa uma consulta com endocrinologista?

Cada clínica de endocrinologia pratica seus próprios valores e eles são bastante variados, por isso não é possível dizer quanto custa uma consulta com endocrinologista com precisão. Na Medprev, você agenda consultas por valores acessíveis!

Agende uma consulta com Valores Reduzidos

Se você procura por um Endocrinologista em Joinville - SC conte com a Medprev. Aqui você agenda consultas e exames por valores acessíveis, sem mensalidade e sem taxa de adesão.

Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a

Especialidades em Joinville

Ver mais