Medprev

Neurologista EM Pontal do Paraná - PR

Consulta com Neurologista em Pontal do Paraná - PR por  valores reduzidos.

Agende agora mesmo pela Medprev!

A Medprev cuida de você há mais de 20 anos.

Só paga quando usar,
sem mensalidades ou taxas de adesão.

+ 100

unidades

+ 550

clínicas e pontos de coleta de exames

+ 12 mil

agendamentos por dia

+ 19 mil

profissionais
parceiros

+ 300

atendentes
(público e telefônico)

+ 70

especialidades
médicas

Vamos saber um pouco mais sobre Neurologista ?

Veja o que preparamos para ficar por dentro dessa especialidade.

O sistema nervoso é um dos mais complexos do organismo e exige um conhecimento médico avançado, já que o cérebro está diretamente conectado a todo o corpo. Saiba mais sobre a atuação do neurologista a seguir.

O que é neurologia?

A neurologia é a especialidade responsável por estudar, analisar, diagnosticar e tratar doenças relacionadas ao sistema nervoso. Entre os órgãos que podem ser cuidados por essa área médica, estão:

  • Cérebro;
  • Cerebelo;
  • Hipotálamo;
  • Bulbo;
  • Ponte;
  • Medula;
  • Músculos;
  • Nervos.

A neurologia também está diretamente ligada a outras áreas da medicina, como:

  • Psiquiatria, que é responsável por tratar tanto transtornos da mente quanto problemas emocionais (como ansiedade e depressão);
  • Neurocirurgia, que é a especialidade que cuida especificamente de alterações neurológicas e enfermidades que afetam o sistema nervoso central, autônomo e periférico (seja em bebês, crianças ou adultos) de forma cirúrgica ou não-cirúrgica;
  • Reumatologia, que trata dos problemas relacionados ao tecido conjuntivo e sistema musculoesquelético, ou seja, de alterações em articulações, ossos, entre outros.

O que faz o neurologista?

O neurologista é o médico especialista no sistema nervoso, comumente atuando em equipes multidisciplinares e em conjunto com outros especialistas para a realização de um diagnóstico e tratamento mais preciso.

Esse médico também cuida dos seguintes sistemas nervosos:

  • Central (SNC) que inclui tanto o encéfalo quanto a medula espinhal. É a partir desse sistema que as informações são processadas e enviadas para todo o corpo;
  • Periférico (SNP), que é parte do sistema nervoso central e inclui os nervos que estão conectados ao cérebro e à medula espinhal. A partir de impulsos elétricos, as informações são enviadas para o restante do corpo;
  • Autônomo (SNA), responsável pelo controle das funções que mantêm o corpo vivo e também pelas respostas do organismo a estímulos externos.

Entre as doenças e condições de saúde que podem ser tratadas pelo neurologista, estão:

  • Distúrbios do sono, como apneia, ronco e insônia;
  • Tonturas;
  • Tumores benignos e malignos;
  • Formigamentos;
  • Mal de Alzheimer, no qual ocorre a demência e principalmente a perda de memória ao longo do tempo;
  • Mal de Parkinson, no qual há a alteração nos movimentos, como mãos trêmulas, falta de equilíbrio, dificuldade para se mover, entre outros;
  • Distrofia muscular, no qual há um enfraquecimento dos músculos e dificuldade para se movimentar. Há diversos tipos de distrofia muscular, podendo afetar várias partes do corpo;
  • Esclerose múltipla, no qual há uma inflamação crônica que compromete o sistema nervoso e suas funções, causando desde desequilíbrio até a perda da visão;
  • Problemas de memória;
  • Problemas de movimento;
  • Epilepsia, no qual devido a distúrbios e/ou lesões cerebrais, ocorrem convulsões, espasmos musculares, entre outros;
  • Labirintite, no qual há uma infecção que causa tontura, entre outros sintomas;
  • Nervos comprimidos, no qual há um aumento significativo da pressão sobre o nervo, causando dor e problemas de saúde. Essa condição pode afetar várias regiões do corpo, como ossos, cartilagens, entre outros;
  • Polineuropatia, no qual os nervos periféricos sofre com alterações, causando desde fraqueza até dores nos pacientes;
  • Dor nas costas;
  • EMA (Atrofia Muscular Espinhal), no qual a produção insuficiente de uma proteína afeta a saúde dos neurônios motores, levando a problemas para se mover e até respirar;
  • ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica, no qual há uma alteração nos músculos que provoca atrofia, fraqueza e problemas para se locomover;
  • Enxaqueca, no qual há dores de cabeça de diferentes níveis de intensidade que afetam o bem-estar do paciente e podem aumentar a sua sensibilidade (seja à luz ou ao som).

Como prevenir doenças no sistema nervoso?

Doenças neurológicas podem surgir em pessoas de todas as idades, mas é principalmente na velhice que as enfermidades surgem.

Para ajudar o sistema nervoso a envelhecer bem e com saúde, ter cuidados desde cedo é essencial, como:

  • Manter uma alimentação saudável ao longo de toda a vida;
  • Dormir bem;
  • Evitar o sedentarismo através de atividades físicas;
  • Manter o cérebro ativo através de exercícios mentais e estimulantes;
  • Evitar o consumo de álcool;
  • Manter o corpo hidratado;
  • Fazer check-ups anuais para realização de diagnóstico precoce;
  • Cuidar da saúde mental;
  • Investir em hobbies e atividades que trazem bem-estar.

Neurologia e psiquiatria

É muito comum que pacientes que identificam desordens mentais procurem o neurologista para se consultar, contudo há uma grande diferença entre essa área e a psiquiatria.

O neurologista atua diretamente no cuidado do sistema nervoso, suas funções biológicas e em como os distúrbios dos órgãos que o compõem podem afetar a qualidade de vida do paciente. Tremores, insônia, dores de cabeça e problemas de locomoção são alguns dos exemplos que esse profissional pode tratar.

Já a psiquiatria está relacionada às alterações emocionais, comportamentais e mentais do paciente. Entre as condições que esse profissional cuida, estão o transtorno bipolar, esquizofrenia, distúrbios alimentares, mudança de humor e transtorno de ansiedade.

É possível que ambos os médicos trabalhem em conjunto para realizar o diagnóstico e tratamento do paciente, já que os sintomas podem indicar tanto problemas relacionados ao organismo quanto à mente.

Nos dois casos, há a anamnese (entrevista com o paciente para conhecer o seu histórico e estilo de vida) e a solicitação de exames. Se necessário, um profissional pode fazer o encaminhamento para outra especialidade.

Quando procurar o neurologista?

É preciso procurar o neurologista quando há o encaminhamento por outros especialistas, histórico na família de doenças do sistema nervoso ou ao notar sintomas, como:

  • Perda de memória;
  • Problemas com a coordenação motora;
  • Tonturas;
  • Perda ou alteração da visão;
  • Alteração na fala;
  • Dores de cabeça frequentes;
  • Mudança em hábitos de sono;
  • Problemas para raciocinar;
  • Irritabilidade crescente;
  • Necessidade de repetição de perguntas;
  • Problemas para dirigir;
  • Dormência e formigamento;
  • Fraqueza.

Quanto custa uma consulta com neurologista?

O valor da consulta com o neurologista varia de acordo com a clínica, sendo necessário checar previamente o seu preço.

Agende uma consulta com Valores Reduzidos

Se você procura por um Neurologista em Pontal do Paraná - PR conte com a Medprev. Aqui você agenda consultas e exames por valores acessíveis, sem mensalidade e sem taxa de adesão.

Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a

Especialidades em Pontal do Paraná

Ver mais