BLOG MEDPREV

Qual é a diferença entre endocrinologista, nutrólogo e nutricionista?

Qual desses profissionais é o mais indicado para quem quer emagrecer? Qual deles pode receitar remédios? Descubra qual é a diferença entre eles.

Uma das principais recomendações para emagrecer com saúde é buscar o acompanhamento de um profissional, pois é necessário investigar as causas do ganho de peso e avaliar as necessidades de cada pessoa para definir a melhor estratégia.

Contudo, quando se fala em perder alguns quilos, muita gente tem dúvidas se deve se consultar com um endocrinologista, um nutrólogo ou um nutricionista, pois esses especialistas apresentam semelhanças e diferenças entre suas áreas de atuação.

Além disso, esses profissionais trabalham com outras questões de saúde, como a alimentação para pessoas com necessidades específicas e o controle de doenças como diabetes e hiperlipidemia (colesterol alto), aumentando ainda mais a confusão entre o papel de cada um.

diferenças entre endocrinologista nutrólogo e nutricionista

Veja quais são as funções do nutrólogo, do endocrinologista e do nutricionista e saiba qual desses especialistas você deve procurar:

Nutrólogo 

O nutrólogo é uma pessoa formada em Medicina que fez residência ou se especializou em Nutrologia. Dessa forma, esse profissional tem um amplo conhecimento para identificar benefícios e malefícios causados pela ingestão de nutrientes, atuando na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de doenças relacionadas à alimentação.

nutrólogo

Conheça um pouco mais sobre a atuação desse médico para saber o que faz um nutrólogo na prática:

  • Diagnóstico de doenças nutricionais: identificação de doenças relacionadas à nutrição e ao metabolismo por meio da avaliação clínica e de exames complementares, incluindo obesidade, hipertensão, diabetes, colesterol alto, anemia, doença celíaca, intolerância à lactose, carências nutricionais, osteoporose e vários tipos de câncer;
  • Tratamento de doenças nutrometabólicas: orientação em relação aos hábitos alimentares, ao estilo de vida e ao uso de medicamentos, conforme a necessidade de cada paciente e as características da doença;
  • Tratamento de transtornos alimentares: atuação no controle de transtornos como anorexia e bulimia, incluindo o uso de medicamentos e o tratamento hospitalar;
  • Prescrição de medicamentos para emagrecer: a partir do diagnóstico de obesidade, o nutrólogo pode identificar as causas dessa doença e, se necessário, prescrever medicamentos que complementem a mudança nos hábitos alimentares;
  • Acompanhamento no pós-operatório de cirurgia bariátrica: prevenção e controle de eventuais deficiências nutricionais depois de uma cirurgia para redução do estômago;
  • Orientação nutricional a pessoas com necessidades específicas: pessoas com doença celíaca ou intolerância à lactose, idosos e atletas, entre outros.

Endocrinologista

Assim como o nutrólogo, o endocrinologista é um profissional formado em Medicina, mas sua residência ou especialização deve ser feita em Endocrinologia e Metabologia. 

Essas especialidades médicas estudam respectivamente o sistema endócrino, ou seja, o conjunto de glândulas que produzem os hormônios, e os processos bioquímicos necessários para que isso aconteça.

endocrinologista

Dessa forma, esse profissional também trabalha com o diagnóstico e o tratamento de doenças relacionadas à alimentação, incluindo a prescrição de medicamentos se necessário, mas seu campo de atuação é mais amplo e está focado no funcionamento dos hormônios. Saiba mais sobre o que faz um endocrinologista:

  • Diagnóstico e tratamento de doenças nutro-hormonais: identificação e controle de problemas hormonais que favorecem doenças relacionadas à nutrição, seja pela dificuldade ou facilidade em ganhar ou perder peso ou em absorver nutrientes. Inclui doenças como obesidade, diabetes, colesterol alto e distúrbios da tireoide, entre outras;
  • Acompanhamento do desenvolvimento da criança e do adolescente: diagnóstico e controle de alterações hormonais, nutricionais ou genéticas que prejudicam o crescimento infantil e de condições que aceleram ou retardam os sinais da puberdade, como o surgimento de pelos pubianos e o desenvolvimento de mamas e testículos;
  • Atuação na saúde da mulher: avaliação e tratamento de distúrbios da menstruação, excesso de pelos faciais (hirsutismo) e acne, reposição hormonal na menopausa e prevenção e controle da osteoporose;
  • Atuação na saúde do homem: diagnóstico e tratamento de sintomas da andropausa, como cansaço, disfunção erétil e redução da força muscular, incluindo a reposição hormonal.

Nutricionista

Diferente do nutrólogo e do endocrinologista, o nutricionista é um profissional formado em Nutrição. Dessa forma, sua especialidade é o estudo das necessidades nutricionais de cada indivíduo ou grupo, atuando na promoção e na preservação da saúde por meio de ajustes nos hábitos alimentares.

Embora esse profissional não possa prescrever medicamentos, ele complementa a atuação do nutrólogo e do endocrinologista por ter um profundo conhecimento sobre os alimentos e seus nutrientes, incluindo a ação deles no organismo. 

nutricionista

Veja o que faz um nutricionista e como ele pode contribuir para a sua saúde:

  • Prescrição de dietas de emagrecimento: elaboração de cardápios com foco na perda de peso a partir das necessidades nutricionais, do nível de atividade física praticada e dos hábitos de vida de cada paciente, de modo a proporcionar um emagrecimento saudável e sustentável;
  • Prescrição de dietas para ganho de peso: elaboração de cardápios para pessoas que buscam ganhar peso ou massa muscular sem que isso acarrete desequilíbrios nas taxas de glicose, colesterol e triglicerídeos, mantendo o organismo saudável;
  • Reeducação alimentar: orientação ao paciente sobre suas necessidades nutricionais e hábitos alimentares, de modo a buscar uma alimentação equilibrada, prevenir doenças e construir uma relação saudável com a comida;
  • Nutrição para necessidades específicas: avaliação, prescrição de suplementos alimentares e elaboração de cardápios para pessoas com doença celíaca, intolerância à lactose, diabetes, hipertensão e colesterol alto, pacientes pós-cirurgia bariátrica, idosos e atletas, entre outras necessidades.

Como você pôde perceber, muitas vezes as áreas de atuação do nutrólogo, do endocrinologista e do nutricionista se sobrepõem, mas cada um desses profissionais é especializado em um aspecto em particular. Agora que você sabe qual é a diferença entre eles, marque sua consulta com o app do MEDPREV ou acesse nosso site.

Fonte(s): Associação Brasileira de NutrologiaSociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia [1] e [2]

posts relacionados
Conjuntivite: tipos, sintomas, transmissão e como tratar a infecção ocular
Leia mais...