BLOG MEDPREV

O período fértil é antes ou depois da menstruação?

Pelos gráficos que ilustram o ciclo menstrual, o período fértil é depois da menstruação. Porém, de acordo com a fisiologia feminina, ele acontece antes.

O período fértil é o intervalo do ciclo menstrual em que a mulher apresenta maior chance de engravidar caso não utilize anticoncepcionais hormonais e tenha relações sexuais desprotegidas.

Para explicar como acontece o ciclo menstrual, costuma-se considerar que o dia da chegada da menstruação é também o primeiro dia do ciclo.

Assim, a maior parte dos gráficos que representam o ciclo menstrual mostra justamente isto: a menstruação como o primeiro evento, iniciando-se no dia 1. Na metade do gráfico, mais especificamente no dia 14, costuma estar marcada a ovulação, ou seja, o dia em que ocorre a liberação do óvulo pelo ovário.

período fértil

®Wikipedia

Como a ovulação é o principal evento do período fértil, é possível dizer que ele acontece depois da menstruação – pelo menos de acordo com o gráfico que representa o ciclo menstrual.

Entretanto, se pensarmos no que realmente acontece no sistema reprodutor feminino, vamos descobrir que, na verdade, o período fértil é antes da menstruação – e que o sangramento menstrual é uma consequência dele quando não há gravidez.

Ciclo menstrual: entenda por que o período fértil é depois da menstruação

A introdução acima pareceu confusa? Então veja o que acontece nas diferentes fases do ciclo menstrual para entender a relação entre a menstruação e o período fértil:

ATENÇÃO: neste artigo, para exemplificar o que acontece no organismo feminino, consideramos um ciclo menstrual de 28 dias e regular (sempre com a mesma duração). Porém, tenha em mente que ciclos de 21 a 35 dias são normais e que a duração de cada fase pode variar de um ciclo para outro, mesmo que ele seja regular.

1. Menstruação: dias 1 a 4 do ciclo menstrual

A menstruação é o sangue que sai pela vagina devido à descamação do endométrio, a camada mais interna do útero. Considerando a fisiologia feminina, ela ocorre cerca de 14 dias depois da ovulação  do ciclo anterior – ou, em outras palavras, a menstruação acontece alguns dias depois do período fértil.

Apesar de a menstruação ser considerada o primeiro evento do ciclo menstrual, é essencial saber que ela só acontece porque o sistema reprodutor se preparou para uma possível gravidez no ciclo anterior.

Essa preparação consiste principalmente na formação do endométrio, a camada que ofereceria as condições ideais para o desenvolvimento do embrião caso houvesse ocorrido a fecundação (o encontro do espermatozóide com o óvulo).

Quando isso não acontece, essa camada de sangue é eliminada pelo organismo na forma de menstruação.

2. Fase folicular: dias 5 a 13 do ciclo menstrual

A fase folicular pode começar no finzinho da menstruação, quando ainda é possível observar um leve sangramento de cor vermelho-escura ou marrom, ou logo depois dela.

Nessa etapa, o sistema reprodutor começa a se preparar novamente para uma possível gestação. Isso significa que o útero vai iniciar a formação de um novo endométrio e que, dentro dos ovários, vai começar o crescimento dos folículos – é por causa deles que esta fase se chama “folicular”.

Além disso, o útero começa a produzir o fluido cervical, uma secreção completamente normal que serve para aumentar o tempo de vida dos espermatozóides dentro do sistema reprodutor feminino, permitindo que eles sobrevivam por até cinco dias.

No início, o fluido cervical é mais consistente e pegajoso e tem coloração creme ou bege-clara, com aspecto opaco. Em seguida, ele se torna mais cremoso e sua cor fica mais esbranquiçada. Depois, essa secreção passa a ser transparente, úmida, escorregadia e elástica, parecida com uma clara de ovo crua.

Como regra geral, é possível entender que, quanto mais úmido for o fluido cervical, mais próximo a mulher está da ovulação.

3. Ovulação: dias 14 a 15 do ciclo menstrual

A ovulação é o momento em que o folículo dominante (aquele que mais cresceu) libera um óvulo dentro de um dos ovários (em casos raros, os dois ovários podem liberar um óvulo cada um com até 24 horas de intervalo).

Esse óvulo então vai sair do ovário e entrar na tuba uterina. Caso não seja fecundado, ele se desintegra depois de aproximadamente um dia, não havendo mais chance de gravidez nesse ciclo menstrual.

Se, por outro lado, houver o encontro do óvulo com o espermatozóide, ocorre a fertilização e a formação do embrião, que leva cerca de 7 dias para chegar ao útero e se fixar no endométrio.

Em geral, as representações gráficas do ciclo menstrual indicam que a ovulação acontece no 14º dia, que seria exatamente a metade de um ciclo de 28 dias. Porém, esse fenômeno varia de mulher para mulher conforme a duração do seu ciclo, além de variar de um ciclo para o outro, mesmo que eles sejam regulares.

Por isso, quando falamos que a ovulação acontece de 14 a 16 dias depois do primeiro dia da menstruação, trata-se de uma média que não corresponde exatamente ao que acontece no organismo de todas as mulheres.

4. Fase lútea: dias 16 a 28 do ciclo menstrual

Depois de liberar o óvulo, o folículo dominante passa a ser chamado de corpo lúteo. Essa estrutura secreta hormônios que sinalizam para os ovários que a ovulação já aconteceu, então eles interrompem o crescimento dos demais folículos.

Esses hormônios também sinalizam ao útero que ele deve tornar o endométrio mais espesso, o que facilitaria a fixação de um possível embrião. Se houve fecundação, o corpo lúteo é preservado e o endométrio é mantido para permitir o desenvolvimento do futuro feto.

Por outro lado, se a fecundação não aconteceu, o corpo lúteo se dissolve em cerca de 14 dias depois da ovulação. Em consequência, o útero não vai mais receber os hormônios secretados por ele e dará início à descamação do endométrio.

Assim, ao término de um ciclo menstrual no qual não houve fecundação, o endométrio é eliminado do organismo em forma de menstruação, dando início a um novo ciclo.

E quando acontece o período fértil?

Para entender quando acontece o período fértil, é preciso ter bem claro que ele não é a mesma coisa que ovulação.

período fértil menstruação

Embora o óvulo permaneça viável por cerca de 24 horas, os espermatozoides podem sobreviver por até 5 dias dentro do organismo da mulher. Por isso, podemos dizer que o período fértil começa 5 dias antes da ovulação e termina de 1 a 2 dias depois dela (dependendo de quantos óvulos foram liberados).

No entanto, como não há uma data fixa para a ovulação, também não existe data fixa para o início e o término do período fértil. Assim, em vez de basear-se apenas nos dias transcorridos desde a última menstruação, é mais seguro identificá-lo pelos sinais do organismo, incluindo:

  • Aumento do volume do fluido cervical, que fica mais úmido conforme a ovulação se aproxima;

  • Leve desconforto abdominal, que pode se parecer com uma pontada que atinge apenas um dos lados ou com uma cólica no baixo-ventre;

  • Pequeno sangramento de 1 a 2 dias (sangramento de ovulação), que não deve ser confundido com a menstruação;

  • Aumento da libido;

  • Aumento da temperatura corporal.

Dessa forma, se houver uma relação sexual desprotegida nesse intervalo, há uma grande possibilidade de que o óvulo liberado nesse período fértil dê origem a um embrião.

Contudo, quando não há relação ou o casal utiliza um método contraceptivo de barreira, impedindo o encontro do óvulo com o espermatozóide, a gravidez não vai acontecer, resultando na menstruação.

Agora que você sabe como o ciclo menstrual funciona, fica mais fácil entender por que, fisiologicamente falando, o período fértil é antes da menstruação, já que o sangramento é uma consequência da não fertilização do óvulo.

Em caso de dúvidas, consulte um ginecologista. Acesse o site ou o app do MEDPREV e agende sua consulta.

Fonte(s): Lado Oculto da LuaV Student World e Beautiful Cervix

posts relacionados
Doação de leite materno: como funciona o banco de leite?
Leia mais...
Transformações que ocorrem no corpo da mãe após o parto e durante a amamentação
Leia mais...