BLOG MEDPREV

Você tem o perfil necessário para ser um franqueado da área de saúde?

Quero abrir uma franquia, e agora? Descubra se o segmento da saúde vai ser uma boa pedida para o seu perfil empreendedor.

Você já se pegou pensando: quero abrir uma franquia? Investir em seu próprio negócio é uma forma de se livrar de algumas amarras econômicas e poder aumentar perspectivas de lucro e crescimento com base nos dados de sua própria gestão.

Ainda que essa ideia empreendedora possa trazer a sensação de liberdade profissional e financeira, é preciso levar em consideração a afinidade que se tem com o segmento no qual se pretende investir. 

Se você não tem interesse em trabalhar com alimentação, por exemplo, não seria uma boa ideia abrir uma franquia de fast food, já que você lidaria com assuntos relacionados a ingredientes culinários e itens alimentares com frequência.

A mesma lógica é desejada com as pessoas que pretendem trabalhar com uma franquia de saúde

franquia de saúde

É importante, nesse caso, que você se identifique com esse ambiente, que envolve relacionamento direto com clientes, médicos, profissionais administrativos e de outras áreas de saúde. Não significa que você precise ser médico ou enfermeiro, mas sim que você compreenda o papel de um franqueado do segmento de saúde.

Perfil do franqueado

Abrir uma franquia de saúde, como as que oferecem consultas particulares com preços populares, requer dedicação, pesquisa, trabalho intenso e disposição para se relacionar com pessoas.

O franqueado recebe suporte econômico e estrutural ao investir em uma franquia, melhorando suas possibilidades de sucesso, já que é interesse do franqueador manter sua marca com uma boa avaliação entre o público. 

Com esse auxílio, o franqueado precisa dedicar tempo para negociar com médicos e clínicas, estabelecendo as parcerias necessárias para atender às demandas dos usuários da região onde instalará o PDV.

Não é novidade que empreendedores trabalham muito, inclusive em fins de semana e feriados, então é preciso que você tenha esse perfil de pessoa que se imagina imersa em seu negócio por muito tempo, sem que isso soe como algo desanimador. 

Empreendedorismo e falta de motivação não combinam.

Ainda que boa parte do trabalho seja feita por meio de pesquisas, cálculos e análises que podem ser realizadas em um escritório sem muitas pessoas, você precisa ter boa comunicação interpessoal para fechar acordos e atender funcionários e clientes.

Vale lembrar que ninguém nasce sabendo ter uma boa conversa de negócios, então tenha em mente que suas habilidades comunicativas podem ser aprimoradas, e um bom jeito de fazer isso é estudar e treinar. 

Sua postura profissional será testada a partir do momento em que você decidir abrir uma franquia de saúde, e se essa informação deixa você empolgado, é bem possível que você esteja no caminho certo. 

Agora, se isso é uma preocupação para você, saiba que as franquias de saúde ainda podem ser uma boa aposta e o quanto mais você conversar com pessoas do mesmo ramo, mais vai se sentir à vontade nesse tipo de interação. 

É importante levar em conta também que as marcas de franquias costumam buscar franqueados que se mostrem alinhados com o serviço oferecido e com os valores da empresa. 

É por isso que seu interesse na área da saúde e das relações interpessoais, seja com outros empresários ou com seu público-alvo, é importante no momento de assinar seu contrato.

Como ser um franqueado de sucesso

Ao fechar um novo contrato, a marca franqueadora cede seus dados contábeis e jurídicos para que o franqueado tenha uma base forte na hora de se posicionar no meio.

Para que o sucesso seja consolidado, o franqueado precisa ter tempo para se dedicar ao negócio e fazer boas escolhas e negociações. 

A franqueadora pode fornecer treinamento e assessoria comercial, então é importante que você se interesse pela análise de dados relacionados à área da saúde e que consiga transformar essa análise em medidas estratégicas. 

franquia saúde

Além disso, seu interesse pelo assunto saúde, de modo geral, ajuda a compreender a importância que clínicas com atendimento particular a preços populares têm à população brasileira, especialmente quando há demora para conseguir consultas e exames pelo SUS. 

Compreender a realidade brasileira, mais de  70% das pessoas não contam com um plano de saúde, e se motivar a melhorar a qualidade de vida da população em geral, também é uma característica que ajuda você a se tornar o investidor ideal em uma franquia de saúde.

Ao alinhar seu perfil empreendedor com um assunto que desperte sua atenção e com o qual você tem afinidade, suas chances de sucesso aumentam e você pode ter a realização pessoal e profissional de atuar em um ramo de seu real interesse. 

***

Você pode se tornar um franqueado MEDPREV. Para saber mais, clique aqui

posts relacionados
Cresce a procura por consultas médicas a valores populares no país
Leia mais...
Passo a passo para abrir uma franquia: da análise à assinatura do contrato
Leia mais...