Blog

Prevenção

Saúde da mulher: quais cuidados são essenciais?

Dados do Ministério da Saúde apontam que as mulheres costumam ir mais ao médico do que os homens. Elas representam cerca de 69,4% das consultas na rede pública, segundo informações […]

cuidados essenciais com a saúde da mulher

Dados do Ministério da Saúde apontam que as mulheres costumam ir mais ao médico do que os homens. Elas representam cerca de 69,4% das consultas na rede pública, segundo informações relacionadas a uma pesquisa do IBGE de 2013.

Porém, por mais que as mulheres se cuidem mais – e saibam da importância de adotar esse hábito saudável – ainda assim elas precisam ficar atentas a alguns cuidados essenciais. São exames de rotina e fatores aos quais elas têm mais risco que precisam ser observados no intervalo entre uma consulta e outra.

Neste artigo, elaboramos um check-list básico com alguns dos principais cuidados para serem tomados pelas mulheres com relação à saúde. Será que você está atenta a todos os itens dessa lista?

Exames de rotina

Alguns exames devem nos acompanhar por toda a vida, independentemente do sexo. É o caso de hemogramas, glicemias em jejum, colesterol, triglicerídeos, dosagem de hormônios da tireoide e exames de urina, apenas para citar os mais comuns.

As adolescentes devem ficar atentas ainda ao exame pélvico e das mamas, ao Papanicolau e ao ultrassom transvaginal. A partir dos 30 anos, realize frequentemente ultrassom de tireoide, colposcopia, vulvoscopia e ultrassom abdominal; a partir dos 40, inclua na lista eletrocardiograma, mamografia e ecocardiograma. Você pode agendar qualquer um desses exames pelo site da Medprev.

Cuidados específicos com o corpo

Os exames acima são suficientes para diagnosticar as doenças mais comuns que afetam as mulheres. Entretanto, essa parcela da população está sujeita a certos tipos de doença com maior recorrência, como é o caso do diabetes e da obesidade. Em ambos os casos, hábitos de vida mais saudáveis são a melhor forma de prevenção.

Alimentação balanceada, com orientação nutricional para a sua faixa etária, ingestão de menos gorduras e açúcares, além da prática de atividades físicas e da diminuição do consumo de álcool são boas recomendações para começar. As doenças cardiovasculares estão entre as principais causas de mortalidade entre as mulheres, portanto faça visitas periódicas a um cardiologista.

Atenção à saúde mental

Dados de 2000 da Organização Mundial da Saúde indicam que as mulheres são mais afetadas por problemas relacionados à saúde mental. Seja pelo contexto de vida ou por fatores externos, o estresse está entre uma das principais causas que agravam essa condição e, por esse motivo, a atenção deve ser redobrada.

Dar atenção a um estilo de vida mais saudável é fundamental, equilibrando períodos de trabalho e lazer. Renunciar a noites de sono ou dormir por um período abaixo do mínimo necessário pode causar um efeito cumulativo ao corpo, aumentando a sensação de cansaço e servindo como ponto de partida para o desenvolvimento de problemas mais graves.

Métodos contraceptivos e gravidez

Em idade adulta, as mulheres precisam ficar atentas ainda aos métodos contraceptivos. Aquelas com vida sexual ativa podem recorrer aos preservativos, para a prevenção de DSTs ou aos medicamentos anticoncepcionais. Entretanto, eles não devem ser tomados sem orientação médica, de forma que acompanhar a reação do corpo a eles é essencial.

Já as mulheres que estão se planejando para a gravidez, precisam ter atenção aos chamados “exames pré-natal”. O período de gestação precisa ser acompanhado de perto pelo ginecologista e os cuidados não cessam após o parto. Uma vida saudável passa necessariamente pelos cuidados com o corpo e suas transformações em todos os momentos.

…..

Você sabia que com a Medprev fica muito mais fácil agendar as suas consultas e exames de rotina? Basta escolher o especialista que fará o atendimento e marcar uma consulta pelo site. A principal vantagem é que não há taxas extras ou períodos de carência. Basta fazer seu cadastro e começar a utilizar o serviço hoje mesmo.

Importante: não descuide dos exames de rotina. Eles devem ser repetidos a cada período não é por acaso. Quando o diagnóstico é feito de forma precoce, diminuem as chances de que problemas simples se agravem, simplificando o tratamento e aumentando a qualidade de vida.