Blog

Prevenção

Insolação – Saiba o que é e como evitar

Verão é sinônimo de sol, praia, piscina e muito calor.  Mas é também na estação mais quente do ano que o número de casos de insolação aumenta significativamente. Condição causada […]

insolação

Verão é sinônimo de sol, praia, piscina e muito calor. 

Mas é também na estação mais quente do ano que o número de casos de insolação aumenta significativamente.

Condição causada pelo superaquecimento corporal, geralmente a insolação é decorrente da exposição prolongada ao sol.

Quer saber mais sobre a insolação e os seus perigos?

Acompanhe o post que preparamos com algumas informações importantes para você aproveitar o seu verão sem correr esse problema.

 

O que é insolação?

Muito confundida com a queimadura causada pela exposição exagerada e sem proteção ao sol, a insolação é um problema ainda mais grave.

Falamos que um indivíduo está com insolação quando ocorre um superaquecimento corporal, ou seja, quando a temperatura ultrapassa os 40º devido a fatores como a exposição prolongada ao sol ou algum ambiente de muito calor. 

Quando isso acontece, o mecanismo de transpiração que resfria o corpo é prejudicado, causando perda de nutrientes, água e sais essenciais para o funcionamento do organismo. 

 

O que causa insolação?

Na maioria dos casos, o quadro de insolação ocorre devido a exposição a ambientes muito quentes ou em situações que provoquem aumento rápido da temperatura corporal.

Por exemplo:

  1. Passar muito tempo exposto ao sol sem protetor solar;
  2. Praticar atividades que causam esgotamento físico;
  3. Usar roupas quentes em dias de muito calor;
  4.  Ficar sem beber água por muito tempo.

 

Quais os sintomas da insolação?

A princípio, os sintomas envolvem quadros de tontura, vômitos, dor de cabeça e febre. 

Contudo, em casos mais severos, o indivíduo pode apresentar outros sintomas.

Por exemplo:

  1. Confusão mental;
  2. Perturbação visual;
  3. Ressecamento da pele;
  4. Palidez;
  5. Convulsões;
  6. Eventualmente desmaios.

Desse modo, é importante mencionar que casos muito graves de insolação podem levar inclusive a óbito.

 

Qual o tratamento para a insolação?

Nos casos mais graves, onde o indivíduo precisa de acompanhamento médico, geralmente o tratamento da insolação é feito com hidratação intravenosa e com o uso de técnicas que visam diminuir ao máximo sua temperatura corporal.

Contudo, nos casos mais leves, algumas medidas podem ser usadas para baixar a temperatura corporal.

Por exemplo:

  1. Retirar a roupa;
  2. Borrifar água sobre a pele;
  3. Aplicar compressas de água fria em regiões do corpo como a testa.

Assim também, vale lembrar que a insolação pode ter sérias complicações e que, em hipótese alguma, pessoas com suspeita de insolação devem ingerir bebidas alcoólicas pelo risco de ocorrer uma desidratação profunda.

 

Como prevenir?

Para aproveitar os dias de sol e o verão sem preocupações, vale seguir algumas recomendações.

Por exemplo:

  1. Em primeiro lugar, evitar se expor ao sol entre às 10h e 16h;
  2. Procure beber 2 litros de água todos os dias;
  3. Use boné e roupas com proteção UV;
  4. Nos dias de calor, dê preferência para roupas claras;
  5. Dê preferência para roupas claras;
  6. Não esqueça de usar filtro solar 30 minutos antes da exposição solar, e reaplicar a cada 2 horas.

 

Conclusão

Assim como com a nossa saúde em geral, o melhor remédio contra a insolação é a prevenção.

Portanto, neste verão, tenha esses cuidados básicos e ao notar qualquer destes sinais, não deixe de procurar atendimento médico.

Aproveite o verão com saúde e, em caso de insolação, conte com a Medprev para consultar com um clínico geral.

Com a Medprev você faz exames e consultas sem mensalidades ou taxas de adesão e é atendido em clínicas particulares, no dia, local e hora que escolher.

Gostou desse conteúdo? 

Compartilhe com um amigo e siga a nossa página no Instagram para receber dicas sobre saúde e bem-estar.