Blog

Prevenção

Como evitar a micose de praia?

Você sabia que no verão é mais comum o aparecimento de doenças de pele? Entre elas está a Pitiríase Versicolor, popularmente conhecida como micose de praia. Representada por manchas brancas, […]

micose de praia

Você sabia que no verão é mais comum o aparecimento de doenças de pele?

Entre elas está a Pitiríase Versicolor, popularmente conhecida como micose de praia.

Representada por manchas brancas, que descamam e que podem ou não gerar coceira, essa é uma micose superficial da pele causada por fungos. 

Mas por qual motivo a incidência de micose aumenta no verão? 

Será que é possível curtir a praia sem precisar se preocupar com esse problema?

Para saber essas e outras respostas sobre micose de praia, acompanhe o post que preparamos abaixo.

 

O que é micose?

As micoses são infecções causadas por fungos que atingem a pele, unhas e os cabelos, que podem ser superficiais ou profundas.

Dentre os tipos de micose mais frequentes no verão, está a Pitiríase Versicolor ou micose de praia, um tipo da doença causado por fungos que habitam o folículo piloso.

Quando existem condições favoráveis para o crescimento desse fungo, ele cresce e se expande para a pele causando as lesões características da doença.

 

O que causa a micose de praia?

Como mencionamos anteriormente, o causador da micose de praia é um fungo que habita normalmente o folículo piloso, sem causar a afecção. 

Quando este encontra fatores que propiciam seu crescimento como clima quente e úmido, enfraquecimento do sistema imunológico ou sudorese excessiva, ele se espalha pela pele provocando manchas brancas.

 

Quais os sintomas da micose de praia?

Os sintomas da micose de praia são clássicos.

Ou seja, quando o fungo se espalha, ele causa manchas redondas ou ovais, recobertas por escamas finas, geralmente na região dos braços e nas costas.

Na grande maioria dos casos os sintomas não passam disso, mas ocasionalmente a pessoa pode sentir coceira.

 

Como evitar a micose na praia?

Para evitar a micose de praia e curtir o verão com mais saúde, vale seguir algumas recomendações.

Por exemplo:

  1. Evitar a exposição prolongada ao sol e ao calor, pois a alta temperatura e a sudorese favorecem a proliferação dos fungos;
  2. Usar roupas leves e arejadas;
  3. Caso esteja com micose, usar sabonetes e shampoos prescritos pelo médico.

 

Qual o tratamento para micose de praia?

Na maioria dos casos, o tratamento é feito através de loções antifúngicas de uso tópico, sabonetes específicos e medicamentos por via oral. 

Todavia, o recomendado é realizar uma consulta com um dermatologista antes de usar qualquer tipo de medicamento.

Somente através de um exame, é possível identificar o tipo de micose e assim orientar o melhor tratamento.

 

Conclusão

Portanto, neste verão contamos com a sua ajuda para influenciar amigos e familiares a aproveitarem a estação mais quente do ano com os devidos cuidados.

Contudo, se você for acometido por uma micose ou outra doença de pele, não deixe de consultar com um dermatologista.

Conte com a MEDPREV para agendar sua consulta e outros exames dermatológicos com valor reduzido e sem taxa de adesão.

Gostou desse conteúdo? 

Compartilhe com um amigo e siga a nossa página no Instagram para receber dicas sobre saúde e bem-estar.