BLOG MEDPREV

Quando devo procurar um urologista?

Já se perguntou alguma vez “quando devo procurar um urologista?” nunca passou pela sua cabeça? Então você precisa descobrir mais sobre como esse médico pode te ajudar!

Se as mulheres vão ao ginecologista, os homens deveriam ir ao urologista, certo? Mais ou menos! Na verdade, esse especialista pode atender pacientes de ambos os sexos. Por isso, se você não sabe a resposta exata para a pergunta “quando devo procurar um urologista?”, vale a pena conhecer mais sobre o papel desse médico na sua saúde.

Para começo de conversa, precisamos entender que a urologia é a especialidade da medicina que cuida tanto do sistema reprodutor masculino (testículos, pênis, próstata etc.) quanto do sistema urinário de homens e mulheres, incluindo órgãos como rins, bexiga e uretra. Dessa forma, não são apenas os rapazes e senhores que podem procurá-lo.

Outro mito bastante difundido sobre o urologista é que ele trata apenas problemas de próstata, portanto apenas homens mais velhos deveriam se consultar com esse médico. Contudo, conforme veremos a seguir, esse especialista é o profissional mais indicado para diagnosticar e tratar determinadas condições que acometem pessoas de todas as idades.

 

O urologista na vida da mulher


As infecções urinárias como as cistites, que atingem a bexiga, são muito mais comuns nas mulheres do que nos homens – atingindo cerca de 80% da população feminina em algum momento da vida.

Isso acontece em função das diferenças biológicas entre os sexos: como as mulheres têm a uretra mais curta, com cerca de 5 cm (e a dos homens tem cerca de 20 cm), as bactérias encontram mais facilidade para se deslocar da vulva e do períneo até a bexiga, favorecendo as infecções em pacientes do sexo feminino.

Nesses casos, é muito comum que as mulheres procurem o ginecologista. Embora esse médico possa contribuir para o tratamento da cistite, já que os sistemas urinário e reprodutor são muito próximos e um pode afetar o outro, essa é uma situação em que a consulta com o urologista seria mais indicada.

Conheça outras situações em que as mulheres devem ser atendidas por esse especialista:

Infância

 

    • Infecção urinária (atinge 8% das meninas e apenas 2% dos meninos em fase pré-escolar)

 

    • Dificuldade para urinar

 

    • Incontinência urinária

 

    • Enurese noturna (fazer xixi na cama) depois dos 7 anos

 

 

Vida adulta e maturidade

 

    • Cistite (infecção urinária da bexiga)

 

    • Infecções urinárias em geral

 

    • Incontinência urinária

 

    • Cálculo renal (pedra nos rins)

 

    • Prolapso da bexiga e/ou uretra (esses órgãos “caem” sobre a parede da vagina)

 

    • Distúrbios de esvaziamento e enchimento da bexiga

 


Não existe uma frequência correta para que as mulheres procurem o urologista, mas deve-se criar o hábito de consultar esse especialista quando a queixa se referir ao trato urinário.

 

O urologista na vida do homem


Embora as infecções urinárias sejam mais comuns nas mulheres, o urologista é o médico que cuida também do sistema reprodutor masculino, incluindo queixas em relação à fertilidade e ao desempenho sexual.

Dessa forma, os homens têm ainda mais motivos para se consultar com esse médico, por exemplo:

Infância

 

    • Diagnóstico de criptorquidia (quando um ou dois testículos não descem para a bolsa escrotal)

 

    • Dificuldade de exposição da glande

 

    • Avaliação da necessidade de cirurgia de fimose

 

    • Infecções urinárias

 

    • Enurese noturna (fazer xixi na cama) depois dos 7 anos

 

 

Adolescência

 

    • Esclarecimentos e orientação sobre a sexualidade

 

    • Avaliação do desenvolvimento dos órgãos genitais

 

    • Prevenção e tratamento de DSTs

 

    • Avaliação preventiva da varicocele (dilatação das veias dos testículos que pode levar à infertilidade)

 

 

Vida adulta e maturidade

 

    • Irritações, verrugas ou feridas nos órgãos genitais

 

    • Prevenção e tratamento de DSTs

 

    • Presença de sangue na urina e/ou no esperma

 

    • Cálculo renal (pedra nos rins)

 

    • Infecções urinárias

 

    • Incontinência urinária

 

    • Dificuldade para urinar

 

    • Prevenção contra o câncer de testículo e próstata

 

    • Monitoramento e tratamento do crescimento benigno da próstata

 

    • Diminuição do desejo sexual

 

    • Dificuldades de ereção e/ou impotência

 

    • Infertilidade

 

    • Alterações da curvatura peniana

 

    • Dores penianas

 

    • Dor intensa nas costas

 

    • Distúrbios de esvaziamento e enchimento da bexiga

 


Dessa forma, assim como se indica que as mulheres procurem o ginecologista uma vez ao ano para fazer um check-up do sistema reprodutivo, os homens devem manter essa mesma frequência em relação ao urologista – e isso vale para todas as faixas etárias.

 

O urologista na prevenção e no tratamento do câncer


O médico especialista em urologia está habilitado a fazer o diagnóstico e propor o tratamento de tumores benignos e malignos (câncer) que atingem os órgãos do sistema urinário de homens e mulheres (rins, ureteres, bexiga e uretra) e do sistema reprodutor masculino (pênis, testículos e próstata).

Sangramentos na urina, por exemplo, sempre são motivo para agendar uma consulta com o urologista, já que este é o sintoma mais comum do câncer de bexiga e rins em pacientes de ambos os sexos.

O câncer de testículo, por sua vez representa 5% dos tumores malignos entre os homens e chama atenção por atingir pacientes de 15 a 35 anos, em plena idade reprodutiva. Já o câncer de próstata é mais comum entre os homens mais velhos, passando a preocupar mais acima dos 45 anos – idade a partir da qual se deve fazer o exame de toque anualmente.

Sabendo de tudo isso, agora você pode responder com muito mais segurança à pergunta “quando devo procurar um urologista”: no caso dos homens, uma vez por ano; para as mulheres, sempre que houver alguma queixa em relação ao trato urinário. Conte sempre com o MEDPREV para encontrar seu especialista!

Fonte(s): EBC, Dr. Fernando Almeida, MSD Manuais, Dr. Drauzio Varella, Hospital Sírio Libanês, Tua Saúde e Hospital Câncer Barretos

Tags: Saúde, cuidado do corpo, medprev, hospital, clínicas, agendamento, urologia, urologista, quando procurar um urologista

Voltar para   BLOG MEDPREV

posts relacionados
Vacina faz bem ou mal à saúde? 7 mitos e verdades sobre vacinação
Leia mais...