BLOG MEDPREV

5 dicas para manter a saúde mental em dia durante a quarentena

Confira dicas para atravessar esse período difícil com saúde e equilíbrio, reduzindo os impactos psicológicos que o distanciamento social pode causar.

A vida em sociedade é uma das necessidades dos seres humanos. Nos acostumamos a interagir com outras pessoas e a poder ir e vir a qualquer lugar quando temos vontade. Porém, para reduzir o contágio pela Covid-19, muitas cidades colocaram em prática medidas de distanciamento social.

No Brasil, as recomendações de quarentena tiveram início no mês de março. Desde então, já se foram algumas semanas sem que houvesse uma perspectiva de que as coisas possam melhorar tão cedo. Esse cenário de incertezas causa angústia, ansiedade e pode comprometer a saúde mental. Como enfrentar essa situação difícil sem perder o equilíbrio?

1. Use a tecnologia a seu favor

Por mais que as opções de entretenimento em casa sejam variadas, nada substitui o contato com outras pessoas, nem que seja de forma virtual. Utilize ferramentas de videoconferência ou mesmo o seu telefone para entrar em contato com amigos e familiares. Para aqueles que moram sozinhos, estabelecer uma rotina de conversar com alguém pelo menos uma vez por dia é fundamental.

Esse pode ser um momento para reestabelecer laços com pessoas com as quais você não conversa há um bom tempo. Embora o momento não seja dos mais fáceis, tente tirar lições positivas dessa situação. Muitas amizades podem se fortalecer na distância, então procure não se tornar completamente inacessível nesse momento.

2. Tenha um hobby e se dedique a ele

Para quem está trabalhando em regime de home office, a sensação de que o tempo não está passando pode ser um fator de desequilíbrio. Por mais que você estabeleça uma rotina bastante regrada, há momentos em que é preciso se desligar da realidade e abraçar atividades que sejam prazerosas e relaxantes.

Por isso, a recomendação é que você tenha um hobby e dedique um tempo a ele todos os dias. De preferência, opte por atividades que não tenham relação direta com o seu trabalho. Assistir a filmes e séries, ler um livro, fazer jardinagem ou artesanato são formas de espairecer e que podem ajudar a fazer com que você se sinta mais leve.

3. Evite o excesso de informações

Infelizmente, as notícias que acompanhamos nos veículos de comunicação neste momento não são positivas. Por essa razão, passar o dia todo consumindo informações pode ser prejudicial do ponto de vista psicológico. A sensação de que as coisas não estão melhorando como esperamos pode desencadear crises de ansiedade.

Se por um lado não há como fugir da realidade, por outro é possível controlar o volume de informações que chega até nós. Não se trata de deixar de se informar, mas sim de ter horários específicos para isso. Evite acessar redes sociais com muita frequência e não compartilhe informações alarmistas ou cuja procedência seja duvidosa. Ao tornar seu ambiente menos tóxico, o impacto das más notícias na sua saúde mental é reduzido.

4. Não deixe de ter perspectivas

Não sabemos exatamente quando a pandemia vai passar, mas é certo que em algum momento a situação vai melhorar. Talvez você tenha adiado alguns dos seus planos em razão da pandemia, mas isso não significa desistir deles. O simples fato de planejar e criar perspectivas positivas para quando a situação melhorar é um fator motivacional para que possamos nos manter em equilíbrio.

Não deixe os seus sonhos de lado. Eles podem ter sido adiados, mas não foram cancelados em definitivo. Converse com amigos e familiares e coloque no papel os planos de viagem, as compras e os cursos que você deseja fazer quando a pandemia passar. Ter planos no horizonte nos dá um propósito para seguir em frente apesar das adversidades.

5. Faça terapia

Se conversar com muitas pessoas não é uma alternativa para você, então recorrer à terapia é uma forma de ampliar a sua compreensão sobre esse momento. A partir do diálogo com profissionais refletimos com mais clareza sobre nossos sentimentos e nos preparamos melhor para enfrentar as adversidades.

Você pode agendar uma consulta com um psicólogo ou terapeuta pelo app do Medprev. Durante a pandemia, quando a recomendação é sair de casa somente se for necessário, muitos profissionais estão prestando atendimento online, o que torna o contato ainda mais simples. Invista na sua saúde para passar bem por esse período difícil.

posts relacionados
Problemas hormonais: sintomas, prevenção e tratamentos
Leia mais...
5 dicas de saúde para melhorar o seu desempenho no home office
Leia mais...