BLOG MEDPREV

5 dicas de cuidados com a sua saúde para aproveitar o Carnaval

Aproveite o feriado prolongado mais tradicional do Brasil sem comprometer a saúde ou passar mal durante a folia.

O feriado prolongado mais tradicional do Brasil está prestes a começar. Para muitos, aproveitar o Carnaval significa começar a festejar na sexta-feira e parar somente na Quarta-Feira de Cinzas. Porém, será que o seu corpo está preparado para enfrentar essa verdadeira maratona?

Alguns cuidados com a saúde devem ser tomados o ano todo, independentemente de haver festividades ou não. Todavia, como nessa época as atividades são mais intensas e muitas vezes elas ocorrem sob o sol escaldante do verão, nada melhor do que se preparar para não ter que encerrar a festa mais cedo.

Neste artigo, listamos algumas dicas e cuidados que você deve ter antes, durante e depois da festa para não comprometer a sua saúde e chegar ao final do Carnaval com muita tranquilidade.

Hidrate-se: beber água é fundamental

Quando estamos em repouso, o corpo consome cerca de 50 ml de água por hora. Durante uma atividade física ou mesmo nas festividades de Carnaval, essa perda pode chegar a até 1.250 ml. Por essa razão, beber água em grande quantidade é fundamental para que a temperatura corporal continue regulada.

Além disso, depois da festa, a água serve como elemento desintoxicante, estimulando o bom funcionamento do fígado, dos rins e do intestino. Se você comeu demais nos dias de Carnaval ou consumiu bebidas alcoólicas em excesso, não deixe a garrafinha de água longe. O ideal é consumir pelo menos 2 litros por dia, mas nesse período não é nenhum exagero aumentar o volume para 3 litros por dia.

Previna-se das queimaduras do sol

Outro problema recorrente aos foliões no Carnaval são as queimaduras de sol. Sob o calor do litoral brasileiro, muitas pessoas passam o dia dançando atrás do trio elétrico ou mesmo repousando na praia. Porém, a exposição prolongada e desprotegida ao sol pode provocar sérios danos à pele.

Se puder, evite a exposição em horários de sol mais forte – entre 10h e 16h. Não saia de casa sem passar protetor solar. A aplicação deve ser feita de 20 a 30 minutos antes da exposição ao sol e o filtro deve ser reaplicado a cada 2 ou 3 horas. Proteja-se ainda com bonés, chapéus e óculos escuros e use roupas leves.

Atenção às noites de sono

A vontade de aproveitar cada segundo do Carnaval é enorme e muitas pessoas não pensam duas vezes em virar noites acordados festejando. O fato é que não é recomendável dormir menos do que você está habituado. O sono é um elemento reparador do organismo, permitindo que o seu corpo descanse e renove as energias.

Ainda que você vá dormir mais tarde ou vá dormir menos, procure repousar por pelo menos seis horas por dia (o ideal são oito horas). Descanse em um local bem arejado, com as luzes apagadas e sem barulhos. Para quem vai trocar o dia pela noite os conselhos são os mesmos: não deixe de dormir o mínimo necessário.

Consuma alimentos mais leves e saudáveis

Aquilo que você come influencia diretamente na sua disposição para pular Carnaval. Em dias quentes ou em que você tenha muitas atividades programadas, adote uma alimentação mais leve e saudável. Evite alimentos gordurosos ou de difícil digestão, pois eles sobrecarregam o estômago e podem causar azia. Prefira saladas, frutas, sucos e alimentos com pouca gordura e ricos em fibras. 

É importante também que você se lembre de não pular as refeições. Além de beber muita água ao longo do dia, faça refeições menores a cada três ou quatro horas. Por conta dos exercícios e do calor, o seu consumo calórico será maior portanto, mantenha a ingestão de alimentos em intervalos regulares.

Passou da conta? Calma, dá para recuperar

Não conseguiu seguir todas as dicas acima e exagerou na bebida, no sol ou na alimentação pesada? Calma, dá para remediar a situação. Para combater a ressaca beba muita água e recorra a sucos naturais. O açúcar natural das frutas ajuda a repor os níveis de glicose do sangue. Melancia, melão, maçã e pera estão entre as mais benéficas nesse sentido.

Já para aqueles que tomaram sol em excesso, além de beber muita água, água de coco e isotônicos são um grande auxílio na reposição de líquidos e sais minerais. Em regiões com queimadura, aplique compressas geladas. Prefira banhos frios e evite o uso de esponja e sabonete nas regiões afetadas. Por fim, aplique cremes calmantes de hidratantes.

Em geral, problemas relacionados a queimaduras de sol se resolvem naturalmente entre três e seis dias. Se os sintomas persistirem, procure atendimento médico.

Por fim, para os que comeram demais, a dica é pisar no freio no dia seguinte. Comidas gordurosas demoram mais tempo para serem digeridas. Sucos à base de abacaxi, maça, couve e hortelã ajudam na desintoxicação do fígado e facilitam a digestão. Um antiácido também pode amenizar os sintomas da má digestão.

Fonte(s): DouradosAgora, Guia Da Farmácia e G1.

posts relacionados
Alcoolismo: quais os sintomas da dependência e como é feito o tratamento?
Leia mais...