Início Blog Medprev O que faz um enfermeiro?

Curiosidades

O que faz um enfermeiro?

o-que-faz-um-enfermeiro.jpeg

Considerada por muitos como a espinha dorsal dos profissionais de saúde, a Enfermagem é uma profissão que se desenvolveu através dos séculos, sendo exercida muitas vezes por pessoas com enorme senso humanitário e social. Entenda o que faz um enfermeiro.

No dia 12 de maio comemora-se o Dia Internacional da Enfermagem, data criada pelo Conselho Internacional de Enfermagem como uma homenagem ao nascimento de Florence Nightingale, considerada a precursora da enfermagem moderna como conhecemos hoje.

Afinal, quais são as atribuições dos profissionais de enfermagem? Quais as especializações possíveis? Desde quando essa função tão nobre foi exercida junto à medicina. Essas e outras curiosidades é o que nós vamos conhecer agora neste artigo.

A história da Enfermagem

O tratamento aos enfermos é algo que existe desde os tempos primitivos. No princípio, os povos entendiam as doenças como uma espécie de castigo dos deuses e para se curar recorriam a sacerdotes e feiticeiros. Na prática, ainda que sem conhecimento técnico, eles acumulavam funções de médico, enfermeiro e farmacêutico.

A enfermagem como profissão, no entanto, viria a ser reconhecida somente no século XIX. Em 1820 nascia na cidade de Florença, na Itália, Florence Nightingale. A jovem, proveniente de família abastada, encontrou como vocação o desejo de  tratar enfermos. A família tentou demovê-la da ideia, pois na época esse era um trabalho socialmente pouco valorizado.

Florence Nightingale

Somente aos 31 anos, depois de muito estudo, ela conseguiu autorização para fazer estágio em um hospital. A realidade que ela vivenciou por lá era muito diferente daquela que ela tinha aprendido com base nos livros e na ciência. Assim, em 1860, ela decidiu fundar em Londres, na Inglaterra, a primeira escola de enfermagem, junto ao Hospital Saint Thomas.

Com um método de ensino voltado para a prática e com candidatas selecionadas por padrões morais, físicos e intelectuais, o “sistema Nightingale” se tornou uma referência na Inglaterra e no mundo. Os cursos de enfermagem passaram a ser procurados por jovens educadas e cultas. Graças ao seu trabalho, a enfermagem passava a ser uma profissão reconhecida socialmente.

Florence morreu em Londres em 1910 aos 90 anos deixando um legado inestimável para a profissão. Em sua homenagem, o Conselho Internacional de Enfermagem estabeleceu o dia 12 de maio, data do seu nascimento, como uma data comemorativa da profissão.

A enfermagem hoje: o que faz um profissional dessa área

Antes de tudo, precisamos saber que existem diferentes níveis de qualificação entre os profissionais de enfermagem. Basicamente, a nomenclatura do cargo se dá de acordo com o nível de instrução recebida. Essa instrução pode variar desde um curso de curta duração até uma graduação completa com as suas especializações.

O Auxiliar de Enfermagem precisa de um curso de curta duração (em média, um ano). Cabe a ele executar procedimentos mais básicos, de baixa complexidade, em pacientes de menor gravidade. Isso inclui funções como aplicar vacinas e injeções, administração de remédios e curativos simples. Todas as atividades requerem supervisão.

Um nível acima estão os Técnicos em Enfermagem. Nesse caso, um curso de média duração (em geral, dois anos) é suficiente para obter um diploma. O técnico assume a execução de procedimentos um pouco mais complicados e a sua lista de atividades inclui ainda cálculos de dosagem de medicação, esterilização de utensílios cirúrgicos, coleta de material para exames e preparo dos pacientes para cirurgias.

Por fim, temos acima desses o Enfermeiro, que nada mais é do que o profissional graduado em Enfermagem, curso com duração de quatro anos. Além de supervisionar os técnicos e os auxiliares, ele atende ainda pacientes em estado grave, sendo responsável ainda por quaisquer outros trabalhos ligados à profissão.

Isso inclui o auxílio aos médicos durante as cirurgias bem como atuação direta no controle e prevenção de infecções hospitalares. Entre as áreas de atuação mais comuns, os hospitais são os que mais empregam esse tipo de profissional. Eles podem atuar em funções administrativas ou em especializações como unidades de emergência, centros cirúrgicos e unidades de terapia intensiva.

Há ainda enfermeiros que atuam em unidades de resgate, como ambulâncias e sedes do corpo de bombeiros, e aqueles que fazem atendimento domiciliar, seja para o cuidado de pacientes idosos, para a realização de curativos ou para administração de injeções.

Há ainda a função de enfermeiro obstetra. Nesse caso, o profissional se dedica a ajudar mulheres grávidas ou em período de amamentação. Esses profissionais auxiliam os médicos durante o período pré-natal e no pós-parto. Em alguns casos, os enfermeiros obstetras podem até mesmo realizar partos de baixo risco.

2020: o Ano da Enfermagem

O Conselho Executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS) propôs na Assembleia Mundial de Saúde que 2020 seja considerado como “O Ano do Enfermeiro”. Além da homenagem aos profissionais de enfermagem, a ideia é realizar uma série de ações de conscientização sobre a importância do da Enfermagem e da Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia (ESMO).

O ano de 2020 marca ainda o aniversário de 200 anos do nascimento de Florence Nightingale e, por essa razão, o momento é considerado ímpar para as celebrações.

“A proposta do Ano do Enfermeiro e do Enfermeiro de Saúde Materna e Obstétrica em 2020 irá percorrer um longo caminho para elevar o perfil da Enfermagem e destacar a importância da necessidade de termos mais enfermeiros com boa formação, de se investir em estratégias de recrutamento e retenção e na remoção das barreiras ao desenvolvimento de papéis avançados de Enfermagem que são altamente eficazes na expansão da cobertura em saúde”, destaca Annette Kennedy, presidente do Conselho Internacional de Enfermeiros.

O MEDPREV, desde já, por intermédio das suas equipes, parabeniza a todos os profissionais que atuam nesta profissão, vital para a área de saúde como um todo.

24/02/2022   •   há 7 meses

Agende sua consulta ou exame por valores reduzidos

Agendar online Buscar unidade física

Fique por dentro das campanhas e cupons da Medprev

Declaro que li e aceito os e a

Relacionados

O que diz a cor da urina?

Doação de sangue: saiba como doar e salvar vidas

Doação de leite materno: como funciona o banco de leite?

O período fértil é antes ou depois da menstruação?

Transformações que ocorrem no corpo da mãe após o parto e durante a amamentação

Ver mais

Outras matérias

Ver mais

Especialidades