BLOG MEDPREV

Como manter a saúde em dia na quarentena?

Passar os dias em casa requer planejamento alimentar, prática de exercícios e períodos de descanso para que a sua saúde não fique comprometida.

É bem provável que passar dias inteiros em casa não estivesse nos seus planos quando 2020 começou. Entretanto, a pandemia de coronavírus fez com que muitas cidades adotassem medidas de distanciamento social e quarentena como forma de reduzir o contágio.

Trabalhar, estudar e ter acesso a opções de entretenimento sem sair de casa felizmente é uma possibilidade para muitas pessoas. Entretanto, passar dias e noites no mesmo ambiente, sem contato pessoal com amigos e familiares ou mesmo sem poder fazer um passeio implica em adotar uma nova rotina completamente diferente.

A prática de exercícios fica comprometida sem podermos ir à academia ou caminhar em parques e praças. Com menor gasto calórico diário, a alimentação também sofre seus impactos. Comemos mais para driblar a ansiedade e comemos pior em razão da praticidade. Em outras palavras, prevenir-se da Covid-19 pode resultar em outros problemas de saúde. 

Como fazer para minimizar os efeitos quarentena sobre o nosso organismo?

Movimente-se: exercícios físicos são essenciais

A falta de exercícios físicos é um fator que agrava os riscos de doenças cardíacas, diabetes, hipertensão e obesidade. Quando esse fator é combinado com uma alimentação desregrada os resultados podem ser nocivos para o organismo. Portanto, mesmo sem sair de casa, ficar sem se movimentar não é uma opção.

Independentemente das suas preferências, há uma lista extensa de exercícios físicos que podem ser feitos em casa, sem precisar de equipamentos específicos. Bastam alguns minutos por dia para que você garanta um melhor desenvolvimento da musculatura e o fortalecimento da sua capacidade cardiorrespiratória. Você pode encontrar muitos vídeos no YouTube com sugestões de exercícios e práticas para todos os níveis e idades.

Não deixe a alimentação saudável de lado

Estar em casa o dia todo é um convite para que possamos “beliscar” alimentos não tão saudáveis assim ao longo do dia. E mais: como há menos movimento, muitas vezes as necessidades calóricas são menores. A reação à quarentena pode ser bastante distinta: há aqueles que por ansiedade comem sem parar, enquanto outros se alimentam menos do que o necessário.

O fato é que manter uma alimentação regrada e saudável é fundamental para evitar problemas de saúde. Alimentos gordurosos, como salgadinhos, bolachas e refrigerantes devem ser evitados. Não deixe de lado as três refeições principais – café da manhã, almoço e jantar – e faça pelo menos outras três refeições mais leves ao longo do dia. Inclua frutas, castanhas e alimentos não processados na sua dieta.

Não deixe de lado as boas noites de sono

O período em que estamos dormindo serve para repor as nossas energias. Além do descanso propriamente dito, ele é responsável pela manutenção do equilíbrio geral do organismo, pela consolidação da memória e pela regulação da temperatura corporal. Dessa forma, dormir menos do que oito horas por dia certamente significará indisposição, em maior ou menor grau, no dia seguinte.

Embora seja possível trabalhar ou descansar “a qualquer momento”, é mais saudável manter uma rotina de horários de alimentação, trabalho e descanso. Quando o organismo não tem essa referência as chances de que você se perca e descuide em qualquer um desses aspectos é muito maior. Durma em um quarto escuro, sem luzes artificiais, arejado e confortável.

Tenha cuidados redobrados com a higiene

A chegada do inverno é propícia para agravar as doenças respiratórias. Isso ocorre porque ambientes fechados são convidativos para a proliferação de mofo, ácaros e outros micro-organismos capazes de irritar as nossas mucosas. Essas inflamações podem resultar em espirro, coriza, tosse e comprometer o nosso sistema imunológico, reduzindo as defesas contra vírus e bactérias.

Mantenha os ambientes arejados, abrindo as janelas pelo menos duas vezes ao dia por uma hora. Cobertores e roupas de frio que estiverem há muito tempo sem uso devem ser lavadas antes de serem utilizadas. Os cômodos em que passamos mais tempo, como o quarto, a sala e o escritório, devem ser limpos com maior frequência.

Vitamina D: deixe o sol agir no seu corpo

A principal maneira do corpo humano absorver Vitamina D é por meio da exposição à luz solar. Ela é importante não apenas para o bom funcionamento do organismo, mas também para o fortalecimento dos ossos e dos dentes. Nas mulheres esse elemento é ainda mais importante, especialmente após a menopausa.

Tomar banhos de sol por cerca de 15 a 20 minutos por dia, sempre utilizando protetor solar, em fora dos horários de pico – antes das 10h e após as 15h – já é suficiente. Se essa exposição não for possível, inclua na sua dieta alimentos ricos nessa substância, como gema de ovo, queijos, salmão, cogumelos e bife de fígado.

.....

O coronavírus não deve ser a sua única preocupação durante a quarentena. Estar em dia com os demais aspectos de saúde é o que garante um corpo saudável para o trabalho e para o lazer. Se você não estiver se sentindo bem, procure um médico e descreva os seus sintomas para que ele possa diagnosticar se há algum problema de saúde mais grave. Utilize o app do Medprev para agendar sua consulta.

posts relacionados
Problemas hormonais: sintomas, prevenção e tratamentos
Leia mais...
5 dicas de saúde para melhorar o seu desempenho no home office
Leia mais...