BLOG MEDPREV

Como cuidar bem da voz durante o dia a dia

Se o seu trabalho exige que você fale muito ou você apenas quer manter a voz clara e saudável, aprenda aqui algumas dicas de como cuidar bem da voz!

Você sabe como cuidar bem da voz? Imagine o que aconteceria se você acordasse um dia com uma rouquidão tão intensa que as pessoas mal conseguissem te ouvir. Ou, então, pense em como seria se a pessoa que anuncia os voos no aeroporto começasse a falhar no meio das frases.

Com certeza, essas situações causariam muitas confusões. Por isso, é preciso conhecer as principais medidas para evitar problemas como esses, principalmente se você trabalha com a sua voz.

Problemas vocais

Os problemas sofridos por quem descuida da própria voz podem ser muito mais complexos do que os exemplos acima.

Além da rouquidão e afonia – quando a voz falha ou some por completo –, os descuidos podem ocasionar nódulos ou calos nas cordas vocais e até levar à formação de pólipos que só podem ser removidos com cirurgia. Mais do que fazê-la “desafinar”, esses problemas interferem diretamente na sua qualidade vocal.

Soltando a voz: os hábitos que você deve adotar

A seguir, você verá as principais dicas de como cuidar bem da voz no dia a dia. Elas valem para todo mundo, mas são especialmente importantes para pessoas cujo trabalho depende muito da própria voz, como cantores, locutores, professores, operadores de telemarketing e profissionais que prestam atendimento ao público em geral. Veja só:

  • Para manter a hidratação adequada das cordas vocais, beba de 7 a 8 copos de água em temperatura ambiente por dia;

  • Você também pode consumir sucos cítricos e chás quentes (sem cafeína) e tomar colheradas de uma misturinha de limão com mel quando sentir necessário;

  • Comer maçã é um poderoso truque dos profissionais da voz para manter um tom limpo e preciso. A fruta tem propriedades adstringentes que afinam a saliva;

  • Para conservar a saúde da fala, é essencial manter uma dieta equilibrada e evitar o refluxo gastroesofágico, que tem efeito prejudicial nas cordas vocais;

  • Uma boa assepsia das vias respiratórias ajuda a manter a voz em dia: faça gargarejos com água morna e sal e pingue soro fisiológico no nariz de tempos em tempos;

  • Lembre-se de que sua postura afeta a emissão dos sons, já que a respiração flui melhor quando se está com a coluna alinhada.

Além desses cuidados diários, os profissionais que dependem da voz para desempenhar suas funções devem se lembrar de aquecer a voz antes de iniciar o trabalho.

Mesmo se você não trabalha com a voz, mas vai fazer alguma apresentação em público, procure fazer alguns exercícios de alongamentos e bocejar bastante, pois isso ajudará no relaxamento e contribuirá para o aquecimento vocal.

Para não perder o tom: os hábitos que você deve evitar

Certos hábitos e alimentos são extremamente prejudiciais à sua saúde vocal, por isso eles não poderiam ficar fora destas dicas de como cuidar bem da voz. Veja o que você deve evitar:

  • O hábito de fumar, pois o cigarro danifica e resseca as cordas vocais e é especialmente contraindicado para quem trabalha com a voz;

  • O costume de pigarrear, que muitos chamam de “limpar a garganta”, quando, na verdade, é algo que irrita muito esse órgão. Ao sentir algum incômodo, o ideal é beber goles de água em vez de forçar o pigarro;

  • Cantar forçando a voz, gritar ou aumentar o tom para encobrir a interferência de outros sons e outras alterações forçosas da voz, como sussurrar ou rir de forma exagerada;

  • Passar muito tempo em ambientes com ar-condicionado, que resseca o ar;

  • Mudanças bruscas de temperatura e contato com materiais alergênicos em geral;

  • Alimentos que dificultam a digestão, como refrigerantes, produtos industrializados, frituras e comidas com excesso de gorduras e condimentos;

  • Consumir muito leite e seus derivados. Eles favorecem a formação de muco, uma secreção que congestiona as vias respiratórias e afeta o trato vocal. Alguns fonoaudiólogos acreditam que o chocolate também provoca esse problema, portanto é melhor moderar o seu consumo;

  • Tomar café, chá preto, refrigerantes e outras bebidas à base de cafeína, pois elas provocam um aquecimento interno que desidrata as cordas vocais, além de aumentar a acidez no estômago;

  • Consumir bebidas alcoólicas, pois seu efeito anestésico pode mascarar sintomas de problemas vocais.

Caso você já esteja apresentando dificuldades com a voz, saiba que o uso de sprays e pastilhas pode ter efeito paliativo e mascarar problemas mais graves. É preferível consultar um médico em vez de consumir esse tipo de produto sem prescrição por longos períodos.

Uma voz com saúde é clara, agradável e dispensa maiores esforços para que você se faça ouvir. Basta usar estas dicas de como cuidar bem da voz no dia a dia para não perder o tom!

Fonte(s): iG, Clube da Fala, Minha Vida (1) e (2) e G1

Tags: Saúde, cuidado do corpo, medprev, hospital, clínicas, agendamento, fala, voz

Voltar para   BLOG MEDPREV

posts relacionados
7 hábitos saudáveis que melhoram a qualidade de vida e saúde masculina
Leia mais...